Sustentabilidade ambiental é tema de congresso de horticultura em Coimbra

Sustentabilidade ambiental é tema de congresso de horticultura em Coimbra

O atual panorama da agricultura intensiva e da sustentabilidade do setor são os principais temas do Congresso Ibérico de Ciências Hortícolas, que vai receber mais de 200 participantes em Coimbra, grande parte dos quais oriundos de diversas regiões espanholas. Tem lugar no Convento de São Francisco e decorre de amanhã até sábado.

A “intensificação” e a “sustentabilidade” e as estratégias de conciliar as duas questões na produção hortícola são o ponto crucial do setor.

José Alberto Pereira, da comissão científica do congresso diz que “tem de ser possível aliar a intensificação com a sustentabilidade”, considerando que a intensificação é necessária face a uma população “em crescendo e com necessidades específicas”, tendo atenção a questões como a fertilidade e a rega, os solos ou outras questões ambientais.

O evento conta com mais de 180 comunicações e são esperados mais de 200 participantes, numa iniciativa organizada pela Associação Portuguesa de Horticultura e a sua congénere espanhola.

“Uma dúvida, não tenho: os agricultores são a chave. Tem de se valorizar mais a atividade agrária e, muitas das vezes, pensar os agricultores como intervenientes de ecossistemas agrários que têm de ser ajudados”, realçou José Alberto Pereira.

De acordo com o docente, tem-se assistido a “uma viragem enorme na agricultura”.

Se antes era um setor “dominado por gente com idade e falta de especialização”, hoje há “muita gente nova a instalar-se no terreno, às vezes até fora do setor, que é muito mais aberta à inovação e à aplicação de conhecimentos”, notou.

Haverá ainda painéis dedicados à segurança alimentar, consumidores e rega e fertilização. O congresso termina no sábado com visitas técnicas a produtores da região.

Comente este artigo
Anterior EPO poised to stop granting patents on plants, animals from ‘biological processes’
Próximo 4.º Concurso de Vinhos Verdes InvestBraga - Tapada do Marquês, Adega dos Leões e Infusa Rosé vencem diploma de ouro

Artigos relacionados

Nacional

Alerta: programa CoopJovem já abriu candidaturas

[Fonte:Vida Rural]
Foi publicado na passada semana em Diário da República o regulamento que abre as candidaturas ao programa CoopJovem e que define as regras de acesso ao financiamento. Assim, os jovens com idades entre os 18 e os 29 anos com o objetivo de desenvolver um projeto cooperativo poderão apresentar as suas candidaturas até ao dia 28 de fevereiro. […]

Últimas

VITIS 2017-2018 – Ajustamento da dotação orçamental

Informa-se que foi publicado um novo aviso relativo à campanha VITIS 2017/2018.
Para mais informação poderá consultar a Portaria n.º 320/2016, alterada pela Portaria n.º 92-B/2017, bem como o 2º Aviso de Ajustamento da Dotação Orçamental.
Refere-se que será comunicada uma nova decisão tendo em consideração o reforço de dotação disponível, […]

Últimas

Casa do Douro volta a ser associação de direito público. Vitória institucional diz a CNA

[Fonte: Agricultura e Mar]
A Assembleia da República aprovou, no passado dia 5 de Abril, um projecto-lei conjunto de PS, BE, PCP e PEV que restaura a Casa do Douro, com sede no Peso da Régua, como associação pública de inscrição obrigatória. CDS e PSD esperam que o Presidente da República, […]