Semeando flores – Operação pollinator 2021

Semeando flores – Operação pollinator 2021

Sábado, 8 de maio de 2021:

– Ó Luís, vamos semear flores para as abelhas?

– Ó pai, mas nós não temos abelhas!

– Pois… 🙂

Bem, não não temos colmeias de abelhas, mas “temos” direito à visita de abelhas, borboletas e outros insetos que, pulando de flor em flor e da parte masculina para a feminina das flores, transportam nas patinhas o pólen, ajudando assim a polinização, isto é, à fecundação das flores e reprodução das plantas. Em termos práticos isto significa mais flores, mais insectos, mais biodiversidade e melhor produção de

milho, legumes ou frutas.

Tal como no ano passado, semeámos uma mistura de várias leguminosas, desenvolvida pela Fertiprado para a operation pollinator, promovida pela Syngenta. Coentros, colza, sanfeno, trevos, ervilha e tremocilha.

Faz sentido usar uma berma em declive ou junto a um curso de água, o canto improdutivo de um terreno com pivô (sendo um círculo regado, os cantos ficam livres), outros locais difíceis de trabalhar com as máquinas, a entrelinha das culturas permanentes como vinhas e árvores de fruto.Faz sentido deixar algumas silvas e outras plantas silvestres ou árvores nas bordaduras dos terrenos.

Para receber as ajudas da atual PAC, 5% dos meus terrenos (e de todos os agricultores que cultivam mais de 15 hectares) estão com uma cultura diferente, no caso uma leguminosa, luzerna. Assunto a desenvolver num próximo texto.

Praticar agricultura moderna, de precisão, baseada na investigação e na ciência, para a máxima eficiência de recursos utilizados, será a única forma de alimentar todos os que vivem e os que vão nascer, de uma forma económica e socialmente sustentável. Dar atenção a pequenos/grandes detalhes e estar aberto ao que a ciência nos vai ensinando sobre a biodiversidade e a conservação é uma forma de cultivar de forma ambientalmente sustentável e duradoura. Saibam mais sobre este tema pesquisando sobre “Operação pollinator” e seguindo as publicações do agricultor João Coimbra, no blog “Milho Amarelo”.

#carlosnevesagricultor

#operaçãopollinator

#operationpollination

#biodiversidade

#milhoamarelo

#fertiprado

#syngenta

(resultado de 2020)

1.jpg

2.jpg

3.jpg

4.jpg

 

O artigo foi publicado originalmente em Carlos Neves Agricultor.

Comente este artigo
Anterior Mais de metade das embalagens de pesticidas por recolher em 2020, alerta Zero
Próximo Los corderos pequeños se salvan de los recortes en los precios

Artigos relacionados

Eventos

Webinar InovTechAgro – O que é a Agricultura de Precisão pode fazer por nós? – 16 de dezembro

A Agricultura de Precisão é hoje uma realidade em Portugal. Mas, os benefícios da sua utilização e a rentabilidade que pode permitir ao agricultor só são alcançáveis se adequado o processo de adoção […]

Últimas

Prevenir em vez de remediar? A expansão da Xylella em Portugal

Há pelo menos dois anos que o CoLAB InnovPlantProtect tem pronta uma estratégia para desenvolver uma solução biológica contra a Xylella […]

Nacional

Covid-19: Celorico da Beira promove feira do queijo Serra da Estrela ‘online’

O município de Celorico da Beira vai promover, entre os dias 28 de fevereiro e 28 de março, a 42.ª edição da Feira do Queijo da Serra da Estrela num formato “inteiramente digital”, foi hoje anunciado. […]