SEF apanhou 773 patrões a usar imigrantes ilegais nas suas empresas

SEF apanhou 773 patrões a usar imigrantes ilegais nas suas empresas

[Fonte: ECO]

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) identificou 773 patrões a usar imigrantes ilegais, entre janeiro de 2018 e julho de 2019. Só neste ano foram encontradas 339 empresas nesta situação. A agricultura, a hotelaria e a restauração são os setores que mais recorrem à mão-de-obra ilegal.

Quando são encontrados estes casos, as entidades patronais têm de demonstrar que os trabalhadores estão em vias de legalização. Mas a maioria dos patrões não tinha essa intenção, segundo escreve o Diário de Notícias (acesso pago). As ações são muitas vezes acompanhadas pela polícia e pela Autoridade das Condições de Trabalho.

No ano passado foram aplicadas 301 coimas pelo SEF, e 237 este ano. Nos outros casos, os processos estão em instrução, foram arquivados, desconhece-se o paradeiro do infrator ou estão a pagar em prestações.

As coimas variam entre 200 e 10 mil euros, se utilizar quatro cidadãos ilegais. Os valores vão aumentando consoante o número de imigrantes sem papéis empregados. O valor máximo é de 90 mil euros, para quem tiver mais de 50 estrangeiros ilegais na empresa. O imigrante é notificado para abandonar voluntariamente o território nacional em até 20 dias, sendo que se não o fizer está sujeito a coimas e expulsão.

Comente este artigo

O artigo SEF apanhou 773 patrões a usar imigrantes ilegais nas suas empresas foi publicado originalmente em ECO.

Anterior Resumo Climatológico - Setembro 2019: Quente e Seco
Próximo Workshop "Dinamização de CCA e Estratégias Alimentares Territoriais" - 21 de outubro - Oeiras

Artigos relacionados

Dossiers

MAI e Agricultura são os únicos ministérios com cortes orçamentais

[Fonte: Sol]
Entre os 16 ministérios do governo apenas duas tutelas vão sofrer um corte nas verbas disponíveis para 2019: o Ministério da Administração Interna (MAI) e o Ministério da Agricultura, […]

Nacional

APEB faz exigências à Comissão para defender banana das regiões ultra-periféricas da UE

[Fonte: Agricultura e Mar]
A defesa da banana das regiões ultra-periféricas da União Europeia esteve em debate no Parlamento Europeu, […]

Sugeridas

Pagamentos do IFAP a 29 de Dezembro de 2017

No dia 29 de dezembro de 2017 o IFAP procedeu a pagamentos* num montante total de cerca de 441,1 milhões de euros