Seca na Europa: Estados-Membros chegam a acordo sobre as medidas de apoio propostas pela Comissão.

Seca na Europa: Estados-Membros chegam a acordo sobre as medidas de apoio propostas pela Comissão.

Os Estados-Membros acordaram hoje uma série de medidas de apoio propostas pela Comissão para atenuar as dificuldades financeiras enfrentadas pelos agricultores devido a condições climáticas adversas e para aumentar a disponibilidade de alimentos para animais.

Phil Hogan, Comissário responsável pela Agricultura e Desenvolvimento Rural, declarou: «Temos acompanhado de perto a situação desde o início dos fenómenos climáticos extremos e estamos prontos para apoiar os nossos agricultores. A Comissão tem estado em estreito contacto com todos os Estados-Membros e temos reagido rapidamente sempre que necessário. Estas medidas deverão aliviar financeiramente os agricultores europeus e protegê-los da escassez de forragens para os seus animais.»

As ações que os Estados-Membros hoje acordadas em reunião de comissão incluem a possibilidade de pagamentos antecipados mais elevados e várias derrogações excecionais em matéria de regras de ecologização, a fim de ajudar os agricultores a fornecer alimentos suficientes aos seus animais. Os agricultores afetados poderão receber uma percentagem mais elevada dos seus pagamentos da política agrícola comum (PAC), melhorando o seu fluxo de tesouraria. Tal inclui:

  • Receber até 70 % dos seus pagamentos diretos em meados de outubro;
  • E receber 85 % dos seus pagamentos em matéria de desenvolvimento rural logo que o pacote de medidas seja formalmente adotado no início de setembro.

Serão também autorizadas derrogações de certas regras de ecologização para aumentar a disponibilidade de alimentos para animais. Tal inclui a possibilidade de:

  • Considerar as terras em pousio como cultura distinta, ou como superfície de interesse ecológico, mesmo que já tenha sido de pasto ou de colheita;
  • Permitir as sementeiras de culturas intercalares como culturas estremes (em vez das misturas de culturas atualmente previstas) caso se destinem a pasto ou à produção de forragens;
  • Reduzir o período mínimo de 8 semanas para as culturas intercalares, de modo que os produtores de culturas arvenses possam fazer as sementeiras de inverno em tempo útil, logo a seguir às culturas intercalares.

Próximas etapas

Na sequência da decisão de hoje, este pacote de medidas deve ser formalmente adotado no início de setembro.

A Comissão continuará em contacto com todos os Estados-Membros relativamente às consequências da seca.

Para mais informações 

Seca na Europa: a Comissão presta mais apoio aos agricultores europeus

Boletins de Monitorização dos Recursos Agrícolas (MARS)

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Comissão Europeira .

Anterior Empresa francesa procura novos fornecedores de madeira de faia e pinho
Próximo PEI-AGRI destaca inovação de produtor português na secagem de aromáticas

Artigos relacionados

Dossiers

Avisos Agrícolas 09/09/2019: Vinha, Kiwi, Macieira, Pereira, Nogueira, Oliveira, Citrinos e Tomateiro

O Serviço de Avisos Agrícolas é um serviço nacional do Ministério da Agricultura que tem por finalidade emitir avisos agrícolas. […]

Comunicados

Leguminosas: Cientistas debatem soluções multidisciplinares para a sustentabilidade

Os conhecimentos e tecnologias desenvolvidos para as leguminosas estão a ser debatidos, em Portugal, na Segunda Conferência da Sociedade Internacional das Leguminosas (ILS2) que reúne, num único evento, mais de 360 especialistas, oriundos de cerca de 40 países…

Últimas

Ações de Informação sobre a PAC

 
                           Apresentação de propostas para 2020
                         Prazo para apresentação de candidaturas: 21 janeiro 2020  

A Comissão Europeia lançou um convite à […]