Seca extrema agrava-se no interior alentejano, produção de trigo pode cair 40%

Seca extrema agrava-se no interior alentejano, produção de trigo pode cair 40%

[Fonte: SIC Notícias] A falta de chuva está a provocar prejuízos na agricultura, em especial no setor dos cereais, como o trigo que, este ano, deverá registar uma quebra de 40% na produção. O repórter Luís Godinho convidou o agricultor e professor de Ciências Agrárias na Universidade de Évora, Ricardo Freixial, para explicar os prejuízos que a seca está a provocar nas culturas e a sustentabilidade da agricultura portuguesa perante as alterações climáticas.

Comente este artigo
Anterior A paisagem florestal portuguesa é pobre - Gonçalo Castel'Branco
Próximo Onze meios aéreos combatem fogo em Quiaios

Artigos relacionados

Últimas

Olivum destaca contributo do olival na descarbonização

O olival da zona do Alqueva sequestra anualmente “as emissões de CO2 das cidades de Beja e Évora” e utiliza “menos terra e água para produzir mais […]

Internacional

Member states attack Commission over WTO domestic support plans

The European Commission has come under fire from national ministers of agriculture for its joint paper with Brazil proposing a fresh approach to imposing multilateral limits on domestic agricultural support.

Últimas

Queixa-crime contra o Estado: receitas do Pinhal de Leiria cobriam 40 vezes as despesas

Nos sete anos anteriores ao incêndio de 2017, o ICNF ganhou 8,3 milhões de euros na venda de material lenhoso e resina do Pinhal de Leiria. No mesmo […]