Rutura na Concertação “já põe em causa o regular funcionamento das instituições” – Luís Mira, da CAP

Rutura na Concertação “já põe em causa o regular funcionamento das instituições” – Luís Mira, da CAP

Luís Mira, da Confederação de Agricultores de Portugal (CAP), diz ao JE que a atitude do Governo perante os patrões na Concertação Social deve levar o Presidente Marcelo a agir, porque “está em causa o regular funcionamento das instituições”.

“Isto foi um atropelo” à Concertação Social, aos patrões, às empresas e o Presidente da República tem de “exercer as suas funções”. Em declarações ao Jornal Económico, o secretário-geral da Confederação dos Agricultores de […]

Continue a ler este artigo no Jornal Económico.

Comente este artigo
Anterior Inovcluster e Advid promovem projecto de internacionalização “Taste and Feel Portugal”
Próximo Newsletter Aposolo: Conservar a Terra – outubro 2021

Artigos relacionados

Últimas

Fogos de outubro de 2017 provocaram 50 mortos e danos em 1.500 casas e 500 empresas

Metade dos óbitos ocorreu no distrito de Coimbra (13 das quais no concelho de Oliveira do Hospital e 12 nos municípios de Arganil, […]

Últimas

As tecnologias de apoio ao combate aos fogos devem estar ao serviço dos portugueses

Em Portugal, em 2016, altura em que a equipa de futebol foi campeã europeia, em praças, em bares, em cafés, em estúdios, […]

Nacional

Produtos fitofarmacêuticos: Classificação harmonizada de substâncias ativas

A DGAV informa que foi publicado o Regulamento de execução (UE) 2020/103 da Comissão de 17 de janeiro de 2020 que altera o Regulamento de Execução (UE) n.º […]