Rui Amendoeira representa associação industrial angolana

Rui Amendoeira representa associação industrial angolana

[Fonte: ECO - fundos comunitários]

O advogado luso-angolano Rui Amendoeira desenvolve a sua actividade profissional em ambos os países há quase 30 anos e por isso é conhecedor da realidade empresarial e económica de Angola e Portugal. Tem ampla experiência na assessoria ao sector petrolífero, área em que se tem especializado e em que a sua intervenção é reconhecida nacional e internacionalmente.

Com esta iniciativa, a AIA passa a ter uma presença mais efectiva junto do mercado português, dispondo de uma plataforma de contacto em Portugal junto das empresas e empresários portugueses que tenham relações económicas e financeiras naquele país e invistam ou pretendam investir no mercado angolano.

Esta representação visa igualmente apoiar as empresas e empresários angolanos que invistam e desenvolvam actividade no mercado português e que pretendam encontrar apoios institucionais, financeiros e outros que contribuam para o seu desenvolvimento.

Num momento em que existe um aprofundamento das relações empresariais e económicas entre Portugal e Angola, a AIA dá mais um passo no sentido de concretizar a sua missão de apoiar o empresariado angolano no investimento exterior, e promover o investimento estrangeiro em Angola.

No seu dinamismo a AIA lançou agora um Centro de Resolução de Conflitos em apoio ao sistema judicial para que contribua para um melhor Ambiente de Negócios, o que importa muito aos empresários portugueses e angolanos e desenvolvimento de Angola

A representação da AIA está sedeada em Lisboa, na Avenida Engenheiro Duarte Pacheco, Torre 1, 2º Piso, Sala 5 (Complexo Amoreiras).

Com esta iniciativa, a AIA passa a ter uma presença mais efectiva junto do mercado português

Comente este artigo

O artigo Rui Amendoeira representa associação industrial angolana foi publicado originalmente em ECO - fundos comunitários.

Anterior La demanda se anima en el mercado de los corderos
Próximo Incêndio já queimou 40 hectares em parque natural da Galiza

Artigos relacionados

Últimas

Palestra sobre a esca da videira na região do Dão – 18 de outubro – Viseu

[Fonte: Voz do Campo]
A palestra sobre o tema da esca da videira na região do Dão é realizada dia 18 de outubro em Viseu. […]

Nacional

Estudo mostra onde é fundamental reflorestar para melhorar clima

[Fonte: Observador] O Brasil, a Indonésia, Madagáscar, Índia e Colômbia são os países mais favoráveis à reflorestação, de acordo com o estudo. […]

Nacional

Vinhos da Bairrada eleitos como os Melhores de Portugal nos EUA

FOTO DR

Desta vez o reconhecimento para os vinhos da Bairrada vem do outro lado do Atlântico, mais concretamente da cidade de Dallas, […]