Incêndio quase dominado em Barcelos

Incêndio quase dominado em Barcelos

O incêndio que lavra nos lugares de Tamel e Vilar do Monte, no concelho de Barcelos, está 80% dominado, avança a Proteção Civil à Renascença. Há apenas uma frente ativa.

No combate às chamas estão 115 bombeiros, apoiados por 36 viaturas. Os meios aéreos, que começaram por ser dois e foram reforçados para quatro, já recolheram devido à falta de visibilidade.

O incêndio teve origem numa queimada, na zona de Tamel, e alastrou-se para uma zona de mato e floresta. O alerta foi dado às 13h26.

O vento e temperatura elevada dificultaram o trabalho dos bombeiros, mas com o cair da noite o combate ao fogo começou a evoluir de forma mais favorável.

Face ao calor que se faz sentir neste fim de semana, o ministro da Administração Interna pede aos portugueses que evitem comportamentos de risco, nomeadamente na agricultura.

O risco de incêndio é muito elevado nos distritos de Faro e Portalegre e elevado em 22 concelhos dos distritos de Faro, Beja, Castelo Branco, Santarém e Portalegre.

Na terça-feira, o risco de incêndio volta a subir, com mais de 70 concelhos em risco elevado, 16 em muito elevado e um em risco máximo (Mação, no distrito de Santarém).

O artigo foi publicado originalmente em Rádio Renascença.

Comente este artigo
Anterior InovTerra organiza mais um workshop sobre a cultura do sabugueiro - 18 de maio - Vila Pouca de Salzedas
Próximo Rui Amendoeira representa associação industrial angolana

Artigos relacionados

Últimas

Cotações – Suínos – Informação Semanal – 1 a 7 Junho 2020

Na semana em análise as cotações médias nacionais do porco classe E (+2 cêntimos / kg) e do porco classe S (+1 cêntimo / kg), voltaram a apresentar […]

Últimas

Capoulas apela a pastores: não façam queimadas extensivas. Plano de apoio em curso

O ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, fez hoje, 2 de Setembro,um apelo aos pastores para que cumpram as regras e não façam queimadas. […]

Nacional

Governo aprova plano de gestão dos fogos: projetos-piloto no Algarve

Áreas ardidas superiores a 500 hectares serão alvo de ações integradas para a gestão de paisagem. Serras de Monchique e Silves são os projetos-piloto […]