Roçar mato: um ovo de Colombo? – João Adrião

Roçar mato: um ovo de Colombo? – João Adrião

O que representa um fardo incomportável para privados, custaria ao Estado uns 20 ou 30 milhões de euros anuais. Metade do que estoura em meios aéreos.

Sobre recentes propostas para o mundo rural, escudadas pela defesa contra incêndios: “” (Dom Pedro V)

Sumário:

  • Sabe-se o que tem de ser feito;
  • Passar da teoria à prática é que é o diabo;
  • Será assim tão complicado?

1 Conheci Tiago Oliveira, já lá vão vários anos, em duas conferências florestais. Figura com um percurso notável na área florestal, tinha já então uma expressão deliciosa para ilustrar o nosso fado com incêndios: “Confiar nos bombeiros (para resolver o problema dos incêndios) é como confiar no guarda-redes.” Senti esperança quando o Primeiro-Ministro recorreu aos seus serviços.

Parafraseando a referência mundial Stephen Pyne (“O fogo é fruto do seu contexto. Conhecer esse contexto é conhecer o fogo, controlar esse contexto é controlar o fogo”), Tiago Oliveira conhece o contexto. Estamos presos na “ratoeira do combate”, disse-o, algo bem descrito pela literatura nacional e internacional. Prevenir é a solução. É consensual. Podemos ir ao pormenor: “Uns 200 mil hectares anuais com chama, dente ou grade” disse, e bem, o Tiago num encontro relativamente recente em Lisboa. Mas conhecido o contexto, falta controlá-lo…

2 E assim se vai perpetuando o ancestral conflito entre a academia florestal e a propriedade privada.

Continue a ler este artigo no Observador.

Comente este artigo
Anterior Ciclo de conferências sobre Agricultura Inteligente - 10, 17 e 24 de fevereiro e 3 de março
Próximo A articulação entre tutelas da agricultura, florestas e património tem de ser automática, defende arqueólogo

Artigos relacionados

Últimas

Webinar AEROBOTICS & AGRO.GES – Como pode a tecnologia de drone ajudar na tomada de decisão durante a pandemia? – 16 de abril

Iremos realizar uma demonstração, em direto, para mostrar como é que os agricultores, em diversas partes do mundo, utilizam a nossa tecnologia […]

Últimas

Oleiros desafia: Conhece bem os cogumelos da nossa floresta?

Facebook
Twitter
Google+
Pinterest
WhatsApp


No próximo dia 3 de abril (quarta-feira) irá decorrer no auditório da Casa da Cultura, […]

Nacional

Valor da produção do setor agrícola aumentou

Eurostat confirma que o valor da produção do setor agrícola para 2018 aumentou (+0,7%) para um novo máximo […]