Requisitos técnicos que envolvem a Xylella fastidiosa

Atendendo à deteção de Xylella fastidiosa, no concelho de Vila Nova de Gaia e no sentido de acautelar um conjunto de condições para assegurar a produção e comercialização de plantas especificadas hospedeiras de Xylella fastidiosa em local indemne, a Direção Geral de Alimentação e Veterinária elaborou um documento com os requisitos técnicos para produção e comercialização de plantas especificadas hospedeiras de Xylella fastidiosa em local livre.

Assim, na zona demarcada da Xylella fastidiosa, as plantas especificadas hospedeiras de Xylella fastidiosa devem ser produzidas num local com  proteção física completa contra os insetos potenciais vetores desta  bactéria.

Este e os outros requisitos deverão ser seguidos pelos viveiristas e fornecedores que, estabelecidos em Zonas Demarcadas de Xylella fastidiosa, pretendam manter a sua atividade.

Requisitos Técnicos para Produção e Comercialização de Plantas Especificadas Hospedeiras de Xylella fastidiosa em Local Livre.

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 11 a 17 Março 2019
Próximo Concurso Árvore Europeia do Ano. Azinheira portuguesa sobe ao pódio

Artigos relacionados

Últimas

Mercado chinês aberto para a uva de mesa portuguesa

Após um intenso processo de negociações técnicas e diplomáticas, foi hoje aberto o mercado chinês à exportação de uva de mesa produzida em Portugal. […]

Blogs

Fito-Entrevista a Nuno Russo, Secretário de Estado da Agricultura e Desenvolvimento Rural

1. De que forma pensa o Ministério contribuir para manter e assegurar a crescente importância e visibilidade que a Agricultura Portuguesa […]

Notícias máquinas agrícolas

Samuel Salgado ganha prémio de melhor revendedor Kubota 2019

A Samuel Salgado, uma empresa jovem com o seu início em 2010 é hoje uma forte referência no sector agrícola nacional. Prova disso foram […]