Requisitos técnicos que envolvem a Xylella fastidiosa

Atendendo à deteção de Xylella fastidiosa, no concelho de Vila Nova de Gaia e no sentido de acautelar um conjunto de condições para assegurar a produção e comercialização de plantas especificadas hospedeiras de Xylella fastidiosa em local indemne, a Direção Geral de Alimentação e Veterinária elaborou um documento com os requisitos técnicos para produção e comercialização de plantas especificadas hospedeiras de Xylella fastidiosa em local livre.

Assim, na zona demarcada da Xylella fastidiosa, as plantas especificadas hospedeiras de Xylella fastidiosa devem ser produzidas num local com  proteção física completa contra os insetos potenciais vetores desta  bactéria.

Este e os outros requisitos deverão ser seguidos pelos viveiristas e fornecedores que, estabelecidos em Zonas Demarcadas de Xylella fastidiosa, pretendam manter a sua atividade.

Requisitos Técnicos para Produção e Comercialização de Plantas Especificadas Hospedeiras de Xylella fastidiosa em Local Livre.

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior Cotações – Bovinos – Informação Semanal – 11 a 17 Março 2019
Próximo Concurso Árvore Europeia do Ano. Azinheira portuguesa sobe ao pódio

Artigos relacionados

Eventos

Apresentação do Projeto de Promoção da Batata de Portugal nos mercados externos – 15 de outubro

A Porbatata – Associação da Batata de Portugal apresenta, no próximo dia 15 de outubro, às 11 horas, o Projeto de Promoção da Batata Portuguesa nos mercados externos. O evento decorre no […]

Blogs

É mesmo estupidez, não tem outro nome

por henrique pereira dos santos, em 05.02.20

Na novela da taxação da actividade florestal (uma tolice sem nome e com efeitos contraproducentes) a única coisa que verdadeiramente me espanta é […]

Últimas

Adega de Monção antecipa pagamento de 3,4 milhões aos produtores

A Adega de Monção vai regularizar com duas semanas de antecedência o pagamento aos produtores de uvas, envolvendo uma verba a rondar os 3,4 milhões de euros, […]