Representantes da CPLP reunidos para debater sustentabilidade alimentar

Representantes da CPLP reunidos para debater sustentabilidade alimentar

Tem início hoje, e decorre até domingo, em Idanha-a-Nova, o FISAS – Fórum Internacional Territórios Relevantes para Sistemas Alimentares Sustentáveis, que tem por objetivo debater uma abordagem coordenada visando promover uma urgente transição para sistemas alimentares sustentáveis.

O sistema alimentar global estará no centro do debate sobre a sustentabilidade do planeta e do próprio futuro da humanidade. De acordo com uma nova edição do relatório anual “O estado da segurança alimentar e nutricional no mundo”, publicado ontem pela ONU, estima-se que cerca de 820 milhões de pessoas não tiveram acesso a comida suficiente em 2018 – o terceiro ano consecutivo em que este número aumenta – ao mesmo tempo em que a obesidade e as doenças relacionadas à má alimentação tornam-se uma epidemia mundial e continuam a aumentar em todas as regiões, inclusive entre crianças em idade escolar. Esses dados destacam o imenso desafio de alcançar o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável do Fome Zero (ODS 2) até 2030 e exige uma transformação profunda dos sistemas alimentares para fornecer dietas saudáveis produzidas de forma sustentável para uma população mundial em crescimento.

É este o pano de fundo que traz até Idanha-a-Nova o Diretor-Geral da FAO, José Graziano da Silva, o Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural de Portugal, Luís Capoulas Santos e Ministros e representantes de governo da CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, bem como representantes ACTUAR e da INNER – Rede Internacional das Bio-Regiões.

Também de hoje até o dia 21 de julho, inúmeros produtores de Portugal, Espanha, França, Brasil, São Tomé e Príncipe, Angola e Cabo Verde irão partilhar boas práticas de desenvolvimento rural, sendo algumas delas premiadas e reconhecidas neste âmbito. Trata-se, em grande parte, de agricultores familiares, homens e mulheres, que no seu dia-a-dia e através da sua atividade, contribuem para a promoção da biodiversidade, da transmissão de conhecimentos tracionais e da implementação de dietas saudáveis, tendo sempre por base modos de produção sustentáveis.

“O FISAS será um evento único, que reunirá durante cinco dias mais de uma centena de pessoas e de experiências de diversos países para construir propostas para programas e políticas que nos permitam ter um sistema alimentar sustentável”, explica Francisco Sarmento, Chefe do Escritório da FAO em Portugal e junto da CPLP. Para Armindo Jacinto, Presidente do Município de Idanha-a-Nova, a primeira bio-região de Portugal, “o FISAS será também uma oportunidade para todos nós, também consumidores, podermos participar e colaborar na construção de um mundo mais sustentável”.

Do FISAS sairá a “Declaração para a Promoção de Sistemas Alimentares Sustentáveis”, um documento de referência para a ação governativa e programas que se destinem a promover uma urgente mudança para sistemas alimentares mais sustentáveis em Portugal e noutros países da CPLP, compromisso que dá continuidade aos acordos políticos estabelecidos na “Carta de Lisboa”, resultante da Reunião de Alto Nível sobre Agricultura Familiar e Desenvolvimento Sustentável na CPLP, realizada em 2018, em Lisboa. Espera-se também durante o evento o anúncio de projetos concretos para a promoção da agricultura familiar sustentável e da agroecologia na CPLP, com o apoio da FAO.

O programa completo do FISAS e as inscrições estão disponíveis em www.fisas.org.

Comente este artigo
Anterior Em Idanha-a-Nova, as Nações Unidas pedem preservação dos meios rurais para garantir sustentabilidade
Próximo SIMAB estuda implantação de Plataforma Agroalimentar em Cabo Verde

Artigos relacionados

Comunicados

PAGAMENTOS MAIO 2019

PAGAMENTOS MAIO 2019
No dia 31 de maio de 2019, o IFAP procedeu a pagamentos* num montante total de cerca de 35,4 milhões de euros, […]

Sugeridas

Avisos Agrícolas 22/08/2019: Vinha, Kiwi, Mirtilo, Macieira, Pereira, Nogueira, Oliveira, Citrinos, Batateira e Tomateiro

[Fonte: DRAPN] O Serviço de Avisos Agrícolas é um serviço nacional do Ministério da Agricultura que tem por finalidade emitir avisos agrícolas. […]

Comunicados

AGRICULTURE ECONOMIC CHALLENGES

Posted on 13/08/2019

FICHE
AGRICULTURE ECONOMIC CHALLENGES
  […]