REN aposta em Máquinas Inovadoras para Limpeza de Florestas e Prevenção de Incêndios

REN aposta em Máquinas Inovadoras para Limpeza de Florestas e Prevenção de Incêndios

Máquina pioneira em Portugal faz hoje a primeira demonstração na Expoflorestal

A REN – Redes Energéticas Nacionais e a BERMARTHOR, vão efetuar a demonstração de uma máquina pioneira na limpeza das florestas – o RAPTOR 300. A iniciativa enquadra-se no âmbito da Expoflorestal, que se inicia hoje e se estende até ao dia 19 de maio, em Albergaria a Velha.

RAPTOR 300

A REN adquiriu cinco “RAPTOR 300”, que vão permitir uma melhoria das atividades de silvicultura e gestão de combustível, permitindo uma maior eficácia na defesa da floresta contra incêndios.

Para João Gaspar, responsável da área de Servidões e Património da REN, “a utilização de máquinas com recurso a tecnologias inovadoras, terá como resultado uma maior produtividade na limpeza das florestas”. Ao mesmo tempo, “estamos a potenciar as nossas infraestruturas como uma mais valia na prevenção e no combate aos incêndios florestais. Ao manter as faixas limpas, potenciamos oportunidades de combate aos diversos agentes da proteção civil, nomeadamente os Bombeiros”, salienta ainda.

Para Tomás Marques, responsável da BERMARTHOR, “esta é uma oportunidade de demonstrar que com máquinas desenhadas e construídas com o propósito especifico para a limpeza das florestas, é possível ter uma grande produtividade e que são uma boa alternativa aos meios mecânicos mais tradicionais”. “Uma máquina destas tem uma produtividade superior a 60 homens”, referiu.

No contexto da política da REN de proteção das florestas, contra incêndios, já foram implementadas várias ações, como por exemplo, a doação de viaturas a Bombeiros Voluntários e às equipas de prevenção de incêndios de vários concelhos do país.

RAPTOR 300

Por outro lado, tem sido realizado um amplo trabalho com recurso a mais de 200 colaboradores – prestadores de serviços da REN na área florestal -, num investimento superior a 6 milhões de euros, em 2018. O resultado foi a limpeza de mais de 22 mil hectares, o equivalente a 22 mil estádios de futebol nos últimos 4 anos. Num compromisso com o futuro, a REN tem como objetivo, este ano, limpar mais 10% de terrenos, que em 2018 e nos próximos anos a REN planeia executar uma área global sempre superior a 7.000 ha/ano.     

Comente este artigo
Anterior Jerónimo Martins Agroalimentar e Universidade de Évora vão colaborar em projetos de investigação agropecuária
Próximo AICEP: Miranda & Irmão eleita Melhor PME Exportadora

Artigos relacionados

Últimas

Syngenta adere ao Agroportal

A empresa Syngenta vem de aderir ao Agroportal como parceiro temático, na área da inovação.
Esta parceria traduzirá em concreto a criação da página da inovação no www.agroportal.pt. […]

Sugeridas

Sobreiros passam a dar cortiça aos 8 anos em vez de 25

Fonte:[ Jornal de Negócios]
O sobreiro demora 25 anos a dar a primeira cortiça, mas o recurso à irrigação da Árvore Nacional de Portugal vai permitir encurtar o prazo para menos de 10 anos. […]

Comunicados

A Confraria dos Enófilos do Alentejo acaba de premiar os “Melhores Vinhos do Alentejo”

A Confraria dos Enófilos do Alentejo apresentou no dia 25 de junho, terça feira, no Hotel Mar d’Ar Muralhas, em Évora, a sétima edição do concurso “Melhores Vinhos do Alentejo”. […]