“Regularizadas todas as infrações detetadas no Matadouro da ilha Terceira”, garante António Ventura

“Regularizadas todas as infrações detetadas no Matadouro da ilha Terceira”, garante António Ventura

O Secretário Regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural garantiu hoje, na Praia da Vitória, que já se encontram colmatadas todas as irregularidades detetadas no Matadouro da ilha Terceira pela Inspeção Regional do Ambiente.

“Neste momento, nada pode ser apontado ao Matadouro da Ilha Terceira que esteja em incumprimento, de acordo com o que foi levantado pela Inspeção Regional do Ambiente”, assumiu António Ventura.

O governante falava numa visita ao Matadouro da Ilha Terceira, do Instituto de Alimentação e Mercados Agrícolas (IAMA), onde reuniu com a presidente do IAMA e outros responsáveis do Matadouro.

Recorde-se que em setembro de 2020 foi efetuada, pelo Inspeção Regional do Ambiente, uma ação inspetiva ao Matadouro da Terceira que detetou algumas infrações, estando o relatório publicado no portal da Secretaria Regional do Ambiente e Alterações Climáticas.

No entender do Secretário Regional, as mesmas não passam de “falhas de burocracia e que não colocam em causa a credibilidade e a confiança” do Matadouro naquela que é a sua atividade.

Estas questões que designou de “burocráticas”, resultam de um atraso no envio de documentação, designadamente, da licença de descarga das águas residuais, que foi emitida a 28 de setembro de 2020 e que é válida até 23 de setembro deste ano.

Por outro lado, continuou António Ventura, “havia uma situação relacionada com as análises da ETAR, que são feitas de dois em dois meses e que se encontram dentro dos parâmetros exigidos por lei, não atingindo os limites máximos”.

“A ETAR está a funcionar de acordo com a legislação em vigor, é segura e recomenda-se e está a funcionar com credibilidade e confiança”, acrescentou.

O responsável pela pasta da Agricultura frisou que as anomalias detetadas pela Inspeção Regional do Ambiente ao Matadouro da Terceira resultam apenas do atraso no envio de documentação, não resultando da prática, da essência e do funcionamento daquele espaço.

Comente este artigo
Anterior Portugal aumenta exportações de carne de porco em 40%
Próximo Previsão período alargado - 08 mar. a 04 abr. 2021

Artigos relacionados

Nacional

Alemanha passa testemunho da Presidência do Conselho de Ministros de Agricultura e Pescas para Portugal

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, e a Ministra alemã Julia Klöckner, reuniram hoje, dia 17 de dezembro, por videoconferência, para concretizar a passagem de testemunho da presidência do Conselho de Ministros de […]

Sugeridas

Prejuízos com incêndios – Concentração – 14 de Março 2018 – Coimbra

Os Agricultores e Produtores Florestais lesados pelos incêndios entre Julho e Outubro de 2017 consideram insuficientes  as medidas  efetuadas pelo Governo, […]

Dossiers

No dia Mundial da Biodiversidade, ANIPLA relembra: Agricultura e Biodiversidade, um equilíbrio fundamental

No dia em que se assinala o Dia Internacional da Biodiversidade, é urgente relembrar alguns dos maiores desafios que o planeta enfrenta nos dias que correm e aos quais nenhum sector poderá […]