Quinta do Monte Xisto 2015 conquista 95 pontos,na revista wine advocate de Robert Parker

Quinta do Monte Xisto 2015 conquista 95 pontos,na revista wine advocate de Robert Parker

O vinho Quinta do Monte Xisto 2015, distribuído em Portugal pela PrimeDrinks, obteve uma pontuação de 95 pontos numa escala de 0 a 100, atribuídos pelo conceituado crítico de vinhos Mark Squires, na revista Wine Advocate, publicação norte-americana de referência no setor do vinho.

A colheita de 2015 do vinho Quinta do Monte Xisto, um blend das castas Touriga Nacional, Touriga Franca e Sousão, com 18 meses de estágio em barricas novas e velhas de carvalho francês e austríaco é classificado no artigo como um vinho “maravilhosamente elegante, com boa concentração e com uma intensidade clássica no sabor”.

Mark Squires, refere ainda na sua análise sobre o Quinta do Monte Xisto 2015 que é “fresco e gracioso como em 2012, mas concentrado como em 2011, e claramente mais saboroso”. Todas as colheitas desde 2011, ano de lançamento do vinho, foram pontuadas acima dos 90 pontos.

No artigo é ainda dado grande destaque ao elevado potencial de envelhecimento do vinho, considerando a sua longevidade até 2050.

Para João Nicolau de Almeida, da Quinta do Monte Xisto, “esta pontuação é a prova do esforço e do trabalho realizado por toda a equipa da Quinta do Monte Xisto e revela a qualidade dos vinhos aqui produzidos”.

A Quinta do Monte Xisto, com 10 hectares de vinha própria, assume-se como um produtor biológico e biodinâmico, com uma clara missão de manter a biodiversidade do terroir, tanto da vinha como da região onde se insere.

QUINTA DO MONTE XISTO 2015

Castas: Touriga Nacional (60%), Touriga Franca (35%) e Sousão (5%).

Vinificação: As uvas foram vindimadas manualmente e transportadas para a adega em caixas de 20kg. Foram vinificadas em lagares com pisa a pé. A fermentação desenvolveu-se ao longo de 6 dias no lagar com leveduras indígenas. Seguiu-se um estágio de 18 meses em pipas de 600 litros.

Notas de Prova: Imaginemos que as diferentes notas de um piano correspondem aos diferentes sabores do vinho. A Quinta do Monte Xisto é um piano. Na encosta virada a Norte extraímos os sons mais agudos: a acidez, a frescura, a “finesse”, a alegria, a juventude. Na outra encosta, virada a Sul, são extraídos os sons mais graves: o volume, o corpo, a estrutura, potência, intensidade de fruto. Aos tons agudos da mão esquerda e aos graves da mão direita são adicionados as notas intermédias, os sustenidos, os bemóis, equivalentes às diferentes altitudes a Norte e a Sul que em pequenas quantidades vão imprimir ao vinho complexidade, sensualidade e uma multiplicidade de agradáveis surpresas. O final é forte, solto e expressivamente amigável. “O ouvinte” regala-se com a sinfonia 2015 da Quinta do Monte Xisto….!

Informação Técnica: Região: Douro DOC, sub-região Douro Superior I Solo: Xisto I Altitude das vinhas: 200-300m Condução das vinhas: cordão unilateral e poda tradicional I Álcool: 13,5%   pH: 3,71 I Açúcar residual< 2g/L I Produção: 6000 garrafas

PVPR = Preço de venda recomendado em carta de vinhos na restauração: 65€*

*A responsabilidade dos preços de venda ao publico dos produtos da Primedrinks é unicamente do cliente que os define e pratica. A Primedrinks limita-se a sugerir preços de venda recomendados para os seus produtos, sendo cada cliente inteiramente livre de seguir ou não tal recomendação.

SOBRE QUINTA DO MONTE XISTO

A Quinta do Monte Xisto situa-se na Região Demarcada do Douro, mais concretamente na sub-região do Douro Superior, em Vila Nova de Foz Côa, na margem esquerda do rio Douro.
Tem uma área total de 40ha, sendo apenas 10 de vinha. Sempre foi claro na família que manter a biodiversidade do terroir era fundamental, tanto para a vinha como para a região.
“Fazemos parte de um todo e é nesse todo que procuramos integrar  o nosso projeto”. Neste sentido, optou-se pelo modo de produção biológico com princípios da agricultura biodinâmica. João Nicolau de Almeida foi pioneiro na implementação da vinha ao alto no Douro, bem como no estudo de castas da região. Optaram por este tipo de plantação, com várias exposições e altitudes, de forma a permitir o blend de zonas mais quentes e mais frescas. A seleção das castas foi baseada num conhecimento adquirido ao longo de vários anos, na diversidade, respeitando a cultura do Douro, e, no terroir especifico em causa, o Douro Superior. As castas tintas são: Touriga Nacional, Touriga Francesa, Tinto Cão, Tinta da Barca, Tinta Francisca, Souzão e Roriz; casta branca: Rabigato.

SOBRE A PRIMEDRINKS

A PrimeDrinks é a distribuidora número 1 em vinhos, bebidas espirituosas e azeites premium.
É uma empresa familiar, com um núcleo acionista sólido: Herdade do Esporão 50%, Aveleda 15% e William Grant & Sons 35%. Para além das marcas dos seus três acionistas, a PrimeDrinks distribui também os vinhos D.Ermelinda e Terras do Pó, os espumantes e moscatéis da Casa Ermelinda Freitas, os vinhos da Herdade dos Grous e Quinta de Valbom, de Fiuza, de João Nicolau de Almeida & Filhos, de Carm, os vinhos e espumantes de Luís Pato e ainda marcas como o The Famous Grouse de Edrington, o portefólio Rémy Cointreau e Lucas Bols e as vodkas Stolichnaya e Moskovskaya.

PORTEFÓLIO PRIMEDRINKS

Vinhos: Esporão, Varietais Herdade do Esporão, Defesa do Esporão, Monte Velho, Alandra, Quinta dos Murças (VV47, Margem, Reserva e Minas), Assobio, Aveleda, Casal Garcia, Grinalda, Charamba, Herdade dos Grous, Quinta de Valbom, Varietais e Moscatel Casa Ermelinda Freitas, D. Ermelinda, Terras do Pó, Fiuza, Quinta do Monte Xisto, Carm e Luís Pato.

Espumantes: Herdade do Esporão, Luís Pato, Casa Ermelinda Freitas, Quinta da Aguieira, Casal Garcia e Fiuza.

Sangria: Casal Garcia.

Whiskies, aguardentes, cognacs, brandy, white spirits, licores e aperitivos: Grant’s, The Famous Grouse, Glenfiddich, The Balvenie, Tullamore Dew, Clan MacGregor, Monkey Shoulder, Adega Velha, Magistra, Rémy Martin, Louis XIII, Three Barrels, Hendrick’s, Bols Genever, Stolichnaya, Elit, Moskovskaya, Snow Leopard, Sailor Jerry, Bayou, Milagro, Drambuie, Bols, Pisang Ambon, Gold Strike, e Cointreau.

Azeites: Herdade do Esporão.

 

 

 

Comente este artigo
Anterior International bulk wine and spirits show - 26 e 27 Fevereiro 2018 - Londres
Próximo Cultivateur grande largeur Guttler SuperMaxx 1000-7, un cultivateur de 10 mètres

Artigos relacionados

Comunicados

Intempérie afecta produtores de milho da região Centro

A intempérie que se abateu sobre o continente português durante a madrugada do passado Sábado, causou avultados prejuízos num elevado número de explorações agrícolas.
Do levantamento efectuado junto dos nossos associados, a zona Centro foi de longe a mais afectada, tendo ficado acamada uma vasta área de milho desta importante região produtora. […]

Dossiers

Cova da Beira 2020 abre período para a apresentação De Candidaturas a Atividades de Tranformação e Comercialização de Produtos Agrícolas

O instrumento de apoio ao desenvolvimento local COVA DA BEIRA 2020, gerido pela RU.DE – Associação de Desenvolvimento Rural tem aberto, até ao próximo dia 8 de fevereiro de 2019, o período para apresentação de candidaturas para apoio a pequenos investimentos na transformação e comercialização de produtos agrícolas. […]

Comunicados

2ª Edição cropUP: programa de apoio a empreendedores/startups no sector agrícola, alimentar e florestal.

Estás pronto para cropUP?
O cropUP é um programa único onde empreendedores e startups que desenvolvem produtos e serviços inovadores para o sector agrícola, alimentar ou florestal têm a oportunidade de impulsionar os seus negócios.
Através deste programa os empreendedores/startups têm acesso exclusivo à I&D e à Indústria do sector agrícola, […]