Queijos de Portugal vão a concurso esta semana. Os vencedores são revelados no final do mês, na FIL, em Lisboa.

Queijos de Portugal vão a concurso esta semana. Os vencedores são revelados no final do mês, na FIL, em Lisboa.

De produção 100% portuguesa, são quase duas centenas as referências de queijo que esta semana vão a concurso naquela que é 9.ª edição do desafio que elege os melhores ‘Queijos de Portugal’. Promovido pela Associação Nacional dos Industriais de Lacticínios (ANIL), a competição deste ano conta com o Alto Patrocínio do Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural e do Governo Regional dos Açores.

As inscrições já terminaram e os fabricantes de queijo em Portugal puderam submeter os seus produtos em 21 categorias (consultar todas as categorias abaixo). A ANIL decidiu, este ano, apresentar uma nova categoria: ‘Queijo Fresco Atabafado’. Com origem maioritariamente alentejana e algarvia, este é um queijo fresco produzido com leite de cabra ou mistura de leite de cabra e vaca, que foi submetido a tratamento térmico superior ao da pasteurização.

O Concurso ‘Queijos de Portugal 2017’ vai realizar-se esta quinta e sexta-feira, dias 12 e 13 de Outubro, nas instalações da ALS Controlvet / Fullsense, em Tondela. A cerimónia de anúncio e entrega de prémios está agendada para segunda-feira, dia 30 de Outubro, às 15h30, tendo lugar no Pavilhão 4 da FIL, no Parque das Nações, em Lisboa. Vai ser a estreia neste local, ao integrar o programa oficial da primeira edição do ‘Grandes Escolhas – Vinhos & Sabores’, evento que aí se realiza de 27 a 30 de Outubro.

Com o objectivo de estimular a produção, de promover e divulgar os queijos de qualidade elaborados em Portugal, a ANIL lançou este desafio em 2009, já com a atribuição, por categoria a concurso, do galardão “Melhor Queijo” com o respectivo ano, ao vencedor, e da “Menção Honrosa”, aos restantes dois finalistas.

Na primeira edição apresentaram-se a 57 marcas a concurso, inseridas em quatro categorias (Flamengo, Ovelha, Cabra e Mistura). Oito anos volvidos, ou seja, na edição de 2016, já noutro formato, o desafio contou com a participação de 59 empresas (27 associadas e 32 não associadas da ANIL), 20 categorias e 206 queijos a Concurso, o que denota a importância que tem vindo a granjear no panorama nacional, em grande parte justificada pela sua comprovada credibilidade e isenção.

O sucesso do Concurso ‘Queijos de Portugal’ ganha força graças à qualidade do painel de jurados, que envolve uma avaliação objectiva e técnica por parte de provadores especialistas com formação específica, representando o sector queijeiro, entidades da administração pública com ligação às vertentes agroalimentar, gastronómica e de distribuição, imprensa e consumidores.

Concurso Queijos de Portugal 2017

Categorias de Queijo

 

Queijo Fresco de Vaca Queijo produzido com leite pasteurizado, por coagulação láctica, ou enzimática ou por acção conjunta, não curado
de Ovelha Queijo produzido com leite pasteurizado de ovelha, por coagulação láctica, ou enzimática ou por acção conjunta, não curado
de Cabra Queijo produzido com leite pasteurizado de cabra, por coagulação láctica, ou enzimática ou por acção conjunta, não curado
Mistura Queijo produzido com mistura de leites, pasteurizado, por coagulação láctica, ou enzimática ou por acção conjunta, não curado
Atabafado Queijo produzido com leite de cabra ou mistura de leite de cabra e vaca, submetido a tratamento térmico superior ao da pasteurização, por coagulação láctica, ou enzimática ou por acção conjunta, não curado.”
Requeijão de Vaca Produto obtido pela coagulação por aquecimento do soro de queijo
de Ovelha Produto obtido pela coagulação por aquecimento do soro de queijo de ovelha
de Cabra Produto obtido pela coagulação por aquecimento do soro de queijo de cabra
Mistura Produto obtido pela coagulação por aquecimento da mistura de soros de queijo
Queijo Flamengo Queijo curado produzido de acordo com a NP 1920:1985
Queijo de Vaca Cura normal Queijo produzido com leite de vaca cru ou pasteurizado até 60 dias de cura.
Cura prolongada Queijo produzido com leite de vaca, cru ou pasteurizado, com mais de 60 dias de cura.
Queijo Ilha Queijo curado produzido de acordo com a NP 2305:1988, com mais de 90 dias de cura
Queijo de Ovelha Cura normal Queijo produzido com leite de ovelha, cru ou pasteurizado, até 60 dias de cura.
Cura prolongada Queijo produzido com leite de ovelha, cru ou pasteurizado, com mais de 60 dias de cura.
Queijo de Cabra Cura normal Queijo produzido com leite de cabra, cru ou pasteurizado, até 60 dias de cura.
Cura prolongada Queijo produzido com leite de cabra, cru ou pasteurizado, com mais de 60 dias de cura.
Queijo Mistura Cura normal Queijo produzido com mistura de leites, cru ou pasteurizado, até 60 dias de cura.
Cura prolongada Queijo produzido com mistura de leites, cru ou pasteurizado, com mais de 60 dias de cura.
Queijos para Barrar Pastas ou cremes de queijo fresco, curado, fundido ou de requeijão para barrar simples ou adicionados de ingredientes alimentares diferenciadores, de que são exemplos: especiarias, vegetais, fruta e seus preparados, entre outros.
Novos Sabores Queijo fresco, curado ou fundido aos quais foram adicionados ingredientes alimentares diferenciadores, de que são exemplos: especiarias, vegetais, fruta e seus preparados, entre outros.

 

 

Comente este artigo
Anterior Dupla de monovarietais com a assinatura da Real Companhia Velha
Próximo CATAA/CEi e Inovcluster promovem potencialidades de Castelo Branco na feira TECHDAYS - 12 a 14 de Outubro 2017- Aveiro

Artigos relacionados

Últimas

Iniav e Asfertglobal realizam II Jornadas Técnicas Fruticultura – 19 de junho – Alcobaça

A 19 de Junho, têm lugar em Alcobaça as “II Jornadas Técnicas Fruticultura Iniav (Alcobaça)/Asfertglobal”. Este evento realiza-se no Auditório da Estação Nacional de Fruticultura Vieira Natividade (Pólo de Alcobaça do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária – Iniav), […]

Eventos

PROLEITE recebe Sessão do Projeto MilkEE para Produtores de Leite – 25 de novembro – Oliveira de Azeméis

O projeto milkEE irá realizar um workshop destinado a produtores de leite no próximo dia 25 de Novembro […]

Nacional

Incêndios: Pouca experiência de piloto e técnica de pilotagem originaram acidente no Algarve

As conclusões ao acidente com um Fire Boss, que acabou imobilizado numa das margens, no concelho de Castro Marim, distrito de Faro, […]