PS Açores defende adoção de medidas concretas para melhorar rendimento dos agricultores Açorianos

PS Açores defende adoção de medidas concretas para melhorar rendimento dos agricultores Açorianos

“O setor agrícola necessita de medidas concretas que permitam aos agricultores Açorianos melhorarem o seu rendimento e não de meros paliativos”, assegurou esta terça-feira o deputado do Partido Socialista, Carlos Silva, que, no âmbito da discussão do Plano e Orçamento da Região para 2021 solicitou ao governo esclarecimentos sobre os desafios com que ainda se depara o setor.

Numa referência ao trabalho já desenvolvido, o parlamentar enalteceu a ação dos governos do Partido Socialista que ao longo dos últimos anos permitiram “aumentar a produtividade das explorações agrícolas; o crescimento assinalável da produção de leite na nossa Região, mesmo com uma redução do número de produtores e com um preço injustamente baixo; o aumento da exportação de carne e o aumento da área de produção em várias culturas”, acrescentando ainda o investimento preconizado em caminhos, eletrificação, modernização de explorações e no abastecimento de água, o que, nos últimos quatro anos atingiu os 27 milhões de euros.

Contudo, e apesar do progresso alcançado, o socialista evidenciou ainda os desafios que continuam por ultrapassar, destacando o preço do leite pago ao produtor como um dos maiores obstáculos ao desenvolvimento do setor, questionando, nessa medida, como pretende o governo aumentar o preço pago ao produtor, nesta que é a matéria pela qual os agricultores aguardam “novidades e propostas objetivas”.

Relembrando ainda ter sido com o anterior governo que se desenvolveu o Plano Estratégico dos Lacticínios dos Açores, aprovado pelo CALL, o deputado do PS/Açores questionou ainda o tutelar da pasta da Agricultura, quanto às medidas adotadas “com vista à internacionalização dos agroalimentos açorianos”, mas também em relação ao problema da falta de mão-de-obra ou até mesmo do despovoamento rural.

Durante o debate, e para além da sua apreensão quanto à falta de medidas que visem aumentar o preço do leite pago ao produtor, o socialista manifestou ainda a sua preocupação com a falta de apoios que compensem os produtores pela perda de rendimentos, no âmbito da pandemia, bem como pela ausência de verbas para o desenvolvimento do setor, destacando ainda a “tentativa de esvaziar e fragilizar os serviços públicos, com consequências no aumento dos custos de produção dos agricultores”.

Já em relação ao relançamento económico da Agricultura Açoriana, previsto no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência, o deputado do PS/Açores quis ainda saber “como serão afetos os montantes, a que áreas e a que tipo de produções”.

Não obstante o muito que já foi feito nesta matéria, o deputado Carlos Silva defendeu ainda a necessidade de que sejam encontradas “novas medidas, com soluções concretas e com a calendarização clara”, que possam contribuir para o relançamento económico do setor.

Nota enviada pelo PS Açores.

Comente este artigo
Anterior UE/Presidência: Suplementos alimentares a crescer mas é preciso garantir segurança - ministra
Próximo Live: Dia aberto / de campo do Grupo Operacional Polimax

Artigos relacionados

Eventos

Ação Climática – Desafios Estratégicos: Agricultura e Alterações Climáticas – 28 de setembro

A relação entre a Agricultura e as alterações climáticas, será discutido entre Maria do Céu Antunes e os especialistas Miguel Bastos Araújo, Francisco Avillez e António Filipe. A agricultura é um dos […]

Nacional

Mais três milhões de euros para agricultores afectados pela seca

Até ao dia 24 de Julho, o Governo tem disponíveis mais 3 milhões de euros para apoiar os agricultores em dificuldades por causa da seca. […]

Dossiers

Oferta de emprego – Head Grower – Engenheiro Agrónomo – Cantanhede

Tilray is a global leader in medical cannabis research and production dedicated to providing safe, consistent and reliable therapy to patients. We are the only GMP certified medical cannabis producer currently supplying products to thousands […]