Próximo quadro financeiro plurianual tem “alguns escolhos” no seu caminho

Próximo quadro financeiro plurianual tem “alguns escolhos” no seu caminho

O ministro do Planeamento afirmou esta sexta-feira, em Lisboa, que a discussão do próximo quadro financeiro regista “alguns escolhos” no seu caminho, acrescentando que este é um “período único” para a Europa discutir as suas políticas e formas de financiamento.

A discussão sobre o quadro financeiro plurianual [QFP] neste momento, infelizmente, encontra-se, diria, para ser diplomático, com alguns escolhos no seu caminho”, assegurou Nelson de Souza, na sessão de abertura de um almoço de empresários, organizado pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-Espanhola.

De acordo com o governante, o próximo conselho europeu, que se realiza entre 12 e 13 de dezembro, vai tentar obter um acordo sobre esta temática “que marcará o futuro da Europa nos próximos sete anos”.

Para Nelson de Souza, os próprios Estados-membros deveriam seguir “esta boa prática” de ter um orçamento plurianual, que “é suficientemente longo” para permitir a programação das finanças, prioridades e políticas.

No entanto, acrescentou, esta é também a altura da Europa “saber como financiar as suas políticas” e como “seguir o seu rumo”, daí a importância deste tempo de reflexão que requer “grande responsabilidade dos dirigentes políticos e de todos os Estados-membros”.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em ECO - fundos comunitários.

Anterior A Feira do Montado "valoriza a região Alentejo enquanto ativo e garante a continuidade do ecossistema", diz Ministra da Agricultura (c/som)
Próximo Apresentação da Agenda de Inovação do Cerealtech - 9 de dezembro - Elvas

Artigos relacionados

Últimas

Incêndios 2017. “A solidariedade não chegou ao destino”, alerta bispo da Guarda

D. Manuel Felício admite que depois dos incêndios de 2017 houve alguns apoios, mas não houve a resposta que devia haver. […]

Últimas

Incêndios: Municípios têm até hoje para limpar terrenos de proprietários incumpridores

[Fonte: O Jornal Económico]

No âmbito do Regime Excecional das Redes Secundárias de Faixas de Gestão de Combustível, […]

Últimas

Isabel Bombal continúa como directora general de Desarrollo Rural

Isabel Bombal continuará al frente del desarrollo rural en el Ministerio de Agricultura. En el Consejo de Ministros del 4 de febrero se aprobó […]