PROLEITE propõe “Subsídio de Funeral” a preço de miséria… aos seus sócios e Produtores de Leite

PROLEITE propõe “Subsídio de Funeral” a preço de miséria… aos seus sócios e Produtores de Leite

Fomos surpreendidos por um comunicado interno da PROLEITE em que esta propõe a Associados seus – Produtores de Leite – que estes aceitem deixar de produzir a “quota” de produção interna que têm atribuída. Para esse efeito, estão a ser aliciados, pela PROLEITE, a desistirem da sua produção e a receberem, por isso, um “pagamento” – que chega a ser simbólico – de 10 cêntimos o litro!… E, ao que parece, “é pegar ou largar” dada a pressão que está a ser feita sobre os Produtores…

Ora, trata-se de um “pagamento” simbólico, por cada Litro de Leite que, a seguir, a Produção da Região vai deixar de produzir o que trará as más consequências sócio-económicas já conhecidas devido ao abandono de Produção, sendo que neste caso é abandono forçado e em definitivo por parte, provavelmente significativa, dos actuais Produtores associados da PROLEITE.

Aliás, e também devido a medidas idênticas, esta Cooperativa Leiteira tem perdido muitos dos seus sócios o que já põe em risco a própria sobrevivência da PROLEITE enquanto Cooperativa com um número ainda significativo de Produtores de Leite da Região. Agora, de alguma forma até se pode dizer que é “de miséria”, e chega a ser humilhante para a Produção Leiteira, esta espécie de “subsídio de funeral” dos 10 cêntimos por litro …

Comissão de Produtores de Leite do Centro reclama à PROLEITE que assuma outras posições e que encare outras soluções em defesa dos pequenos e médios Produtores de Leite e da Produção Leiteira Regional e Nacional !

Reclama à PROLEITE que não aceite mais assumir-se como a “cangalheira” de grande parte dos seus Sócios.

Pois que a PROLEITE defenda a Produção Leiteira Regional e o direito dos seus Sócios a produzir, ao invés de “comprar”, por duas cascas de alho, o fim-final de boa parte dessa Produção.

É que, e como já se disse, agora são alguns Produtores e amanhã podem ser mais ainda até que, dentro em breve, já não haverá os pequenos e médios Produtores Leiteiros, já não haverá os Sócios da PROLEITE que, ao longo de anos e anos a fio, muito contribuíram para que houvesse e se desenvolvesse a PROLEITE, de entre outras organizações.

Eis pois uma situação com que não podemos concordar !  Eis pois uma situação contra a qual vamos lutar !

Comissão de Produtores de Leite do Litoral Centro

Comente este artigo
Anterior Gestão de sobcoberto em Montado: opções, impactos e rentabilidade? - 10 de Abril 2018 - Coruche
Próximo Castelo Branco primeiro concelho com alertas de incêndios à população via Firerisk

Artigos relacionados

Comunicados

CAP lamenta decisão imponderada e espera que alunos, professores e funcionários manifestem a sua discordância

A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) manifesta a sua profunda perplexidade relativamente à notícia respeitante à eliminação da oferta de carne de vaca nas 14 cantinas alimentares da Universidade de Coimbra. […]

Comunicados

Que futuro para o sector agrícola?

Lisboa, 7 Junho 2018 | A ANIPLA e a ECPA, respetivamente as associações nacional e europeia para a proteção das plantas, participam na 55.ª Feira Nacional da Agricultura, que se realiza até ao próximo dia 10 de Junho no CNEMA, em Santarém, este ano especialmente dedicada ao tema “Olival e Azeite”. […]

Comunicados

Ministério da Agricultura discrimina Agricultores do Algarve lesados pelo Incêndio na Serra de Monchique e complica-lhes a vida ainda mais!

A   CNA acaba de tomar mais uma posição acerca da discriminação ostensiva com que o Ministério da Agricultura e o Governo estão em vias de prejudicar os pequenos e médios Agricultores Algarvios lesados pelo grande Incêndio Florestal / Rural que abrasou a Serra de Monchique no início do passado mês de Agosto. […]