PROLEITE propõe “Subsídio de Funeral” a preço de miséria… aos seus sócios e Produtores de Leite

PROLEITE propõe “Subsídio de Funeral” a preço de miséria… aos seus sócios e Produtores de Leite

Fomos surpreendidos por um comunicado interno da PROLEITE em que esta propõe a Associados seus – Produtores de Leite – que estes aceitem deixar de produzir a “quota” de produção interna que têm atribuída. Para esse efeito, estão a ser aliciados, pela PROLEITE, a desistirem da sua produção e a receberem, por isso, um “pagamento” – que chega a ser simbólico – de 10 cêntimos o litro!… E, ao que parece, “é pegar ou largar” dada a pressão que está a ser feita sobre os Produtores…

Ora, trata-se de um “pagamento” simbólico, por cada Litro de Leite que, a seguir, a Produção da Região vai deixar de produzir o que trará as más consequências sócio-económicas já conhecidas devido ao abandono de Produção, sendo que neste caso é abandono forçado e em definitivo por parte, provavelmente significativa, dos actuais Produtores associados da PROLEITE.

Aliás, e também devido a medidas idênticas, esta Cooperativa Leiteira tem perdido muitos dos seus sócios o que já põe em risco a própria sobrevivência da PROLEITE enquanto Cooperativa com um número ainda significativo de Produtores de Leite da Região. Agora, de alguma forma até se pode dizer que é “de miséria”, e chega a ser humilhante para a Produção Leiteira, esta espécie de “subsídio de funeral” dos 10 cêntimos por litro …

Comissão de Produtores de Leite do Centro reclama à PROLEITE que assuma outras posições e que encare outras soluções em defesa dos pequenos e médios Produtores de Leite e da Produção Leiteira Regional e Nacional !

Reclama à PROLEITE que não aceite mais assumir-se como a “cangalheira” de grande parte dos seus Sócios.

Pois que a PROLEITE defenda a Produção Leiteira Regional e o direito dos seus Sócios a produzir, ao invés de “comprar”, por duas cascas de alho, o fim-final de boa parte dessa Produção.

É que, e como já se disse, agora são alguns Produtores e amanhã podem ser mais ainda até que, dentro em breve, já não haverá os pequenos e médios Produtores Leiteiros, já não haverá os Sócios da PROLEITE que, ao longo de anos e anos a fio, muito contribuíram para que houvesse e se desenvolvesse a PROLEITE, de entre outras organizações.

Eis pois uma situação com que não podemos concordar !  Eis pois uma situação contra a qual vamos lutar !

Comissão de Produtores de Leite do Litoral Centro

Comente este artigo
Anterior Gestão de sobcoberto em Montado: opções, impactos e rentabilidade? - 10 de Abril 2018 - Coruche
Próximo Castelo Branco primeiro concelho com alertas de incêndios à população via Firerisk

Artigos relacionados

Sugeridas

Crédito Agrícola distingue 10 projectos portugueses com 40 mil euros

O Crédito Agrícola revelou ontem os vencedores do “Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola”, numa cerimónia que contou com a presença do Ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, e onde foram atribuídos 40 mil euros a 10 projectos nacionais.
Este prémio, que vai já na terceira edição e que resulta de uma parceria com a INOVISA, […]

Comunicados

APROLEP levou ao Ministério da Agricultura propostas para vencer a crise do leite em Portugal

[Fonte: APROLEP]

A Direção da APROLEP, Associação
dos Produtores de Leite de Portugal, foi hoje recebida em audiência pelo
Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Vieira, em substituição
do Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, que se encontra
em convalescença da intervenção cirúrgica a que foi submetido. […]

Comunicados

EDIA disponibiliza nova cobertura de ortofotomapas para a área de Alqueva

A EDIA disponibiliza a partir de hoje ortofotomapas de 2017 de toda a área de influência do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva, na sequência de uma nova cobertura aérea efetuada em outubro passado.
Trata-se de um conjunto de 382 novos ortofotomapas, produzidos internamente pelo Centro de Cartografia da EDIA, […]