Projeto PlaCarvões vence Prémio Economia Circular

Projeto PlaCarvões vence Prémio Economia Circular

O projeto PlaCarvões “De Plásticos a Carvões Ativados – Economia circular nos plásticos agrícolas e urbanos”, desenvolvido em consórcio liderado pela EDIA, com a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central, (CIMAC); a empresa Gestão Ambiental e de Resíduos, EIM, (GESAMB), e a Universidade de Évora, financiado pelo Fundo Ambiental, venceu o Prémio Economia Circular nas Instituições Não Empresariais do Alentejo, atribuído pela Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL) e Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA). Este Prémio visa disseminar e reconhecer ideias, projetos e iniciativas na área da sustentabilidade e da economia circular, implementados ou a implementar na Região Alentejo, com caráter inovador e diferenciador.

O Projeto PlaCarvões foi igualmente nomeado por um júri independente na categoria de Sustentabilidade dos Prémios Notáveis Agro Santander, dedicados a homenagear os empresários agrícolas que se distinguem nos domínios da Exportação, Sustentabilidade, Inovação e Empreendedorismo, uma iniciativa do Banco Santander que tem como media partner o Global Media Group.

O consórcio PlaCarvões, atento aos problemas emergentes provocados pelos plásticos de uso único, quer na agricultura, quer no circuito urbano e ainda pela contaminação orgânica dos mesmos, desenvolveu estratégias que contribuem para a sua redução, transformando estes resíduos sujos e de mistura, em carvões ativados. Desta forma transforma-se um resíduo num produto, o carvão ativado, que é muito valorizado no mercado internacional. O carvão ativado é um produto com características extraordinárias de adsorção, que poderá ser utilizado em filtros de efluentes líquidos e gasosos.

Foi para impulsionar um comportamento alinhado com os princípios da economia circular, encorajando as boas práticas e ao mesmo tempo desenvolver uma solução para o problema dos plásticos na agricultura e do circuito urbano, que a equipa PlaCarvões promove esta ideia.

Comente este artigo
Anterior Edição de genomas |E se pudéssemos curar a sida?  
Próximo Quando a agricultura é a opção

Artigos relacionados

Nacional

MechSmart Forages – intensificação sustentável da produção de forragens

Sob o trinómio Agronomia – Ambiente – Energia e num cenário de alterações climáticas, o Projeto MechSmart Forages procura a necessária a […]

Últimas

Ministra da Agricultura preside à sessão de encerramento do Fórum Anual Vinhos de Portugal

O desempenho das exportações dos vinhos portugueses, a evolução, expectativas e condicionantes do mercado nacional e o Plano Sectorial de Marketing e Promoção para 2020 vão ser dados a conhecer no Fórum Anual Vinhos de Portugal, […]

Últimas

Sogrape “deixa” primeiro Legado sem o patriarca da família

“Um vinho que não se quer perfeito, mas simbólico”. É desta forma que a Sogrape descreve o Legado, um produto com origem numa vinha centenária da Quinta do Caêdo e “sonhado” […]