Projeto de bebidas nutritivas a partir de soro de leite vence último Concurso de Ideias de Negócio do AgriEmpreende

Projeto de bebidas nutritivas a partir de soro de leite vence último Concurso de Ideias de Negócio do AgriEmpreende

Uma tecnologia inovadora de tratamento de soro de leite que permite a criação de duas bebidas originais e nutritivas. Este projeto foi o grande vencedor do quarto e último Concurso de Ideias de Negócio do programa AgriEmpreende, que pediu ideias para as seguintes temáticas: tecnologias e produtos emergentes; embalagens inteligentes; agricultura e alimentação. Um adubador ecológico de alta precisão que permite minimizar o impacto ambiental e a contaminação dos solos e Pão de Medronho que apresenta características muito distintas em termos nutricionais foram os restantes vencedores. O programa AgriEmpreende é promovido pelo Agrocluster em parceria com o Inovcluster.

O projeto vencedor, Toal Ecobebidas, é baseado numa tecnologia inovadora de tratamento de soro de leite (subproduto resultante da manufatura do queijo) que permite a sua transformação em duas bebidas originais e nutritivas com vários sabores e aromas – Toal Proteína e Toal Energia.

Por sua vez, o projeto adubador ecológico de alta precisão tem como objetivo dosear com alta precisão e de acordo com as necessidades reais dos terrenos agrícolas uma melhor aplicação do produto, minimizando os impactos ambientais e a contaminação dos solos. Através da utilização de ferramentas informáticas.

O terceiro projeto vencedor sugere um novo produto para o mercado. Um Pão de Medronho de base tradicional, que incorpora o medronho após ser submetido a determinado processamento tecnológico nas diferentes partes do fruto (polpa, esclerídeos e fibras). É um pão que apresenta características muito distintas em termos nutricionais. É rico em minerais e em vitaminas, com compostos antioxidantes, ácidos gordos mono e polinsaturados e ácidos orgânicos voláteis.

Os três vencedores vão receber os seguintes prémios: 5000€ para o primeiro classificado, 3000€ para o segundo e 1000€ para o terceiro. Para além do valor monetário, o prémio inclui pré-incubação física para desenvolvimento do projeto em sistema de co-working por um período de 3 meses na Startup Santarém ou no Cei – Centro de Empresas Inovadoras, e incubação física pós início de atividade em sistema de co-working reservado por um período de 6 meses na Startup Santarém ou no Cei – Centro de Empresas Inovadoras.

As candidaturas foram avaliadas pelo júri do Concurso, composto por Luis Farinha (Docente do Departamento de Gestão e Economia e Investigador NECE – Research Center in Business Sciences da UBI), Cristina Pintado (Responsável Técnico do Laboratório de Microbiologia e Responsável Técnico do Laboratório de Análise Sensorial do CATAA – Centro de Apoio Tecnológico Agroalimentar de Castelo Branco), Carlos Lopes de Sousa (Presidente da Direção do Agrocluster), Fernando Zuzarte Reis – (CEO da Sociedade Lusitana de Destilação, SA e Vice-presidente da Direção do Agrocluster) e Manuel Laranja (especialista em Inovação, Empreendedorismo e Estratégia Industrial).

Segue-se agora um programa de aceleração para os projetos vencedores, que se juntam a outros empreendedores interessados em desenvolver a sua ideia de negócio.

O projeto AgriEmpreende visa a criação e dinamização de uma estrutura técnica de apoio ao empreendedorismo que potencia a geração de ideias de negócio, a criação de novos produtos e novas empresas na fileira agroalimentar, especialmente ao nível do empreendedorismo qualificado e criativo. Mais informações em http://www.agriempreende.pt/.

É promovido pelo Agrocluster em parceria com o Inovcluster, financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização.

Comente este artigo
Anterior Debate - "O papel da Políticas Nacional e Europeia no Mundo Rural Português"
Próximo Indústria Alimentar e Distribuição estabelecem compromissos de reformulação nutricional

Artigos relacionados

Dossiers

Projecto Melhor Eucalipto contou com 175 mil euros de apoio do PDR

17/Setembro/2018: A vertente comunicacional do Projecto Melhor Eucalipto contou com o apoio do PDR 2020 (Operação 2.1.4 Comunicação e Divulgação), tendo a CELPA sido financiada em 175.467,88€, […]

Comunicados

€70 million to further support European fruit producers

The measures were first introduced by the Commission in the wake of the Russian import ban in August 2014. The extended scheme is worth up to €70 million to EU fruit producers, […]

Sugeridas

Previsões agrícolas: Produção de azeitona para azeite com máximo histórico ultrapassa as 940 mil toneladas

As previsões agrícolas, em 31 de janeiro, apontam para uma produção historicamente elevada de azeitona para azeite, de mais de 940 mil […]