Projeto da FCTUC vence Concurso de Empreendedorismo e Inovação

Projeto da FCTUC vence Concurso de Empreendedorismo e Inovação

O projeto INFORMAT, proposto por Carlos Xavier Viegas, investigador do Instituto de Sistemas e Robótica (ISR) e da Associação para o Desenvolvimento da Aerodinâmica Industrial (ADAI) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), ganhou o primeiro prémio na categoria de Desenvolvimento Rural do Concurso Empreendedorismo e Inovação, promovido pelo Crédito Agrícola.
O INFORMAT – Intelligent Forest Management Technologies – foca-se no desenvolvimento e aplicação de ferramentas tecnológicas no apoio à gestão da floresta e terrenos rurais. O atual paradigma da gestão florestal e corte de vegetação com apoio de meios mecanizados assenta essencialmente no uso de ferramentas manuais (moto-roçadoras), ou máquinas florestais tripuladas. Em ambos os casos, o trabalhador está sujeito ao contacto com as ferramentas de corte, à projeção de pedras, elevados níveis de ruído, poeira e vibração.
Carlos Xavier Viegas explica que «começam já a ser disseminados meios robotizados para este trabalho, baseados em plataformas controladas por um operador à distância. Embora esta solução, em teoria, permita um distanciamento do operador em relação à máquina de corte, na prática o trabalhador precisa de estar nas imediações da máquina, que é cega, para poder operá-la e desviá-la de obstáculos. O INFORMAT pretende dotar estas máquinas de sensores e de inteligência que lhes permitam funcionar de modo semiautónomo.»
Desta forma, «apenas um operador pode supervisionar o trabalho de uma equipa de vários robots com capacidades e ferramentas diferentes, que executam em simultâneo um trabalho previamente definido num terreno mapeado com recurso a drones», afirma o investigador.
«Este projeto irá permitir um maior aproveitamento dos recursos humanos, melhorar as condições de trabalho dos operadores florestais, melhorar a eficiência e rapidez dos trabalhos de limpeza e reduzir o seu custo. Atua ainda na prevenção dos fogos rurais», realça.
O INFORMAT foi um dos doze finalistas escolhidos entre mais de 80 projetos concorrentes, acabando por vencer o prémio entre três finalistas na categoria de Desenvolvimento Rural, na qual estava inserido. Além da ADAI e do ISR, o projeto conta com a participação da Silvapor- Ambiente & Inovação, Lda. e da Florestal – Máquinas e Equipamentos, Lda.
Na foto: Carlos Xavier Viegas (atrás, 4º a contar da esquerda para a direita).
Cristina Pinto
Assessora de Imprensa
Universidade de Coimbra• Faculdade de Ciências e Tecnologia

Comente este artigo
Anterior O Programa de Coaching alumnISA - José Ramalho
Próximo Agricultura: Governo apoia rebanhos para prevenir fogos

Artigos relacionados

Comunicados

AEA promoveu o workshop “Qualidade e Normalização no Agroalimentar”

Plano de Desenvolvimento do Setor Agroalimentar do Baixo Tâmega – Food Cluster Revolution
Foi no passado dia 12 de maio, pelas 14h30, em Amarante, que aconteceu a sexta sessão de trabalho, destinada a criar mais dinâmica no sector agroalimentar da região, no âmbito da estratégia da Associação Empresarial de Amarante. […]

Comunicados

Plataforma B2B BuyinPortugal.pt abriu internacionalmente

A BuyinPortugal.pt é o e-Marketplace B2B de apoio às empresas exportadoras portuguesas, e abriu internacionalmente ontem, dia 1 de Fevereiro de 2017.
“Esta é uma iniciativa inovadora de que muito nos orgulhamos já que é a primeira plataforma criada em Portugal para ajudar, na prática, os empresários portugueses a exportar”, […]

Comunicados

Continente compra 11% de produtos alimentares madeirenses

Depois de ter anunciado a compra de 1.000 toneladas de legumes a produtores madeirenses, no inicio de março, o Continente revela agora que, em 2017, aumentou em 11% a compra de produtos alimentares da ilha, num total superior a 20 milhões de euros. Desta forma, a marca enriqueceu e alargou a oferta de produtos madeirenses das suas lojas. […]