Projeto agROBOfood disponibiliza 2,65 milhões de euros a PME

Projeto agROBOfood disponibiliza 2,65 milhões de euros a PME

O agROBOfood é um projeto Horizonte 2020, que conta com a participação no INESC TEC – Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência, e visa criar um ecossistema europeu para a implementação efetiva de tecnologias robóticas no setor agro-alimentar, e apoiar as PME a tornarem-se mais eficientes e competitivas.

O projeto abrange os domínios da robótica, da agricultura, da I&D e dos negócios, através da criação de uma rede sustentável de Digital Innovation Hubs. Esta rede conta já com 49 DIH e 12 Centros de Competência, inseridos em 7 Clusters Regionais na Europa, que apoiarão as empresas no processo de digitalização, interligando diferentes stakeholders. O núcleo principal do projeto é formado por Innovation Experiments, organizadas e monitorizadas pelos DIH. Nos Clusters Regionais, Innovation Experiments iniciais demonstrarão inovações robóticas no agro-alimentar, de forma a garantir a sua replicabilidade e ampla adoção ao nível europeu.

Numa tentativa de impulsionar a adoção da robótica no agro-alimentar, e de forma a reforçar a sua rede, o agROBOfood acaba de lançar o seu primeiro concurso, destinado ao financiamento de Innovation Experiments adicionais.

Através desta Open Call, o projeto irá disponibilizar 2,65 milhões de euros a PME (entre 300-500 mil euros por proposta).

Este concurso visa:
• apoiar a indústria, nomeadamente as PME do setor agro-alimentar, no processo de transformação digital, através do desenvolvimento de demonstradores e plataformas, da transferência de tecnologia e outros serviços;
• apoiar a indústria europeia de automação (máquinas agrícolas, manuseio de materiais, etc.), para poder beneficiar das oportunidades de orientação, apoio e de fazer equipa com startups e PME do setor da robótica;
• mobilizar co-financiamento privado (através de aquisições por parte de players industriais importantes, de investimentos de capital de risco empresariais, etc.) que irão apoiar o escalar de tecnologias robóticas e acelerar a transformação digital do setor agro-alimentar.

Neste concurso, podem-se inscrever pequenos consórcios (2-5 parceiros) do setor agro-alimentar e da robótica, devendo incluir, pelo menos, uma PME como utilizador final, e uma PME tecnológica. Os candidatos deverão ter sede em qualquer um dos Estados-Membro, ou em países associados ao H2020.

Os critérios essenciais para a participação no concurso são:
• abordar uma necessidade comercial no setor agro-alimentar;
• desenvolver uma solução baseada em tecnologias robóticas;
• recorrer a um DIH parceiro local como ponto de contacto preferência (em Portugal poderão recorrer ao INESC TEC pelo seguinte e-mail: filipe.n.santos[at]inesctec.pt);
• concordar com a utilização dos serviços transfronteiriços da rede;
• o consórcio tem de ter um fabricante de tecnologia e utilizador final da tecnologia.

A Open Call for Innovation Experiments estará aberta até 31 de maio. O período de implementação irá decorrer entre setembro de 2020 e maio de 2022.

Todas as informações relevantes para a candidatura (formulário do concurso, guia de apoio a candidatos e outras informações) estão disponíveis no site do agROBOfood.

Contactos: [email protected] ou filipe.n.santos[at]inesctec.pt

Ligações úteis:
Newsletter: https://agrobofood.eu/open-calls/
Twitter: https://twitter.com/agROBOfood
Facebook: https://www.facebook.com/agROBOfood.H2020/
Linkedin: https://www.linkedin.com/showcase/agrobofood/

Notícia enviada pelo INESC TEC, membro da rede Rural Nacional.

O artigo foi publicado originalmente em Rede Rural Nacional.

Comente este artigo
Anterior Montalegre reduz ninhos de vespa asiática em 75% com rede de armadilhas
Próximo Ministra da Agricultura portuguesa reuniu com Ministra da Agricultura alemã para definir objetivos comuns

Artigos relacionados

Nacional

Pouca alimentação saudável e muitos alimentos processados. A explicação para a obesidade e a subnutrição é, muitas vezes, a mesma

“De 1975 até hoje a obesidade triplicou. Hoje um em cada quatro adultos vive com obesidade, numa região onde a fome voltou a crescer e afeta 42,5 milhões de pessoas”, […]

Nacional

Estudo da Universidade do Algarve na base da discussão de transporte de peixes vivos na UE

Um estudo de investigadores do Centro de Ciências do Mar (CCMAR) na Universidade do Algarve (UAlg) sobre cultivo de peixes em aquacultura serviu de base para a discussão da problemática […]

Últimas

Cambio radical de tendencia en el porcino de capa blanca

Cambio de tendencia en el porcino de capa blanca al anotar un descenso en sus precios ante el exceso de oferta que se registra en el mercado, […]