Produção nacional do sector agroalimentar substitui importações

As exportações no sector agroalimentar cresceram mais do que as importações nos primeiros 7 meses de 2019. Os dados hoje, 10 de Setembro, divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) revelam que as exportações aumentaram 3,1% relativamente ao período homólogo, um valor que fica 0,6% acima do crescimento de 2,5% das importações.

“Estamos a vender mais do que compramos ao exterior, o que significa que estamos menos dependentes, aumentámos a nossa capacidade de auto-aprovisionamento e estamos a substituir importações por produção nacional”, explica Luís Medeiros Vieira, secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, que considera “este dado muito positivo”.

Sector hortofrutícola em alta

Para esta performance, contribuíram as exportações do sector hortofrutícola que, até ao mês de Julho, ultrapassaram já os 900 milhões de euros, valor que corresponde a um crescimento de 11% face ao período homólogo. Neste sector, há a destacar a produção da floricultura (+23%), dos pequenos frutos (+22%), dos produtos hortícolas (+21,2%) e das frutas (+12,3%).

“A exemplo do que sucedeu nos últimos anos, em 2019 o sector hortofrutícola está a registar um desempenho notável, especialmente ao nível das exportações”, acrescenta Luís Medeiros Vieira, salientando que “o sector agroalimentar português está a produzir mais e melhor, de forma sustentável e a exportar mais, numa dinâmica que corresponde à aposta que o Governo implementou na internacionalização da economia”.

Desde que assumiu funções, este Governo já abriu 54 mercados, para 210 produtos (161 da área animal e 49 de origem vegetal) e está a trabalhar na abertura de 59 mercados, para viabilização da exportação de 272 produtos, sendo 220 da área animal e 52 da área vegetal.

Agricultura e Mar Actual

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Cotações – Aves e Ovos – Informação Semanal – 2 a 8 Setembro 2019
Próximo Matadouros dos Açores querem habilitação para exportar bovino para Hong Kong

Artigos relacionados

Nacional

Observatório do Sobreiro e da Cortiça recebe encontro sobre pesquisa nos sistemas agroflorestais

O Observatório do Sobreiro e da Cortiça, em Coruche, recebe no dia 13 de Setembro o evento “Da pesquisa à prática: Sistemas Agroflorestais – […]

Nacional

Estudo | Milho GM pode ajudar Moçambique a resistir a secas e pragas

Num estudo do Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM), divulgado em julho, o milho geneticamente modificado (GM) é apontado como uma estratégia eficaz para resistir às secas e às pragas que com frequência afetam este País africano. […]

Nacional

Feira dos Sabores do Tejo volta a Vila Velha de Ródão

A Feira dos Sabores do Tejo volta a Vila Velha de Ródão, nos dias 28, 29 e 30 de Junho, com uma edição dedicada ao tema da sustentabilidade e muita animação musical. […]