Principais vantagens e desafios do Grupo Nacional Certificação de Matas

Principais vantagens e desafios do Grupo Nacional Certificação de Matas

A equipa 2BForest apresentou no 8 Congresso Florestal Nacional as principais vantagens e desafios do Grupo Nacional de Certificação de Matas!

 

Floresta em Português: Raízes do Futuro

 11 a 14 Outubro 2017 – Viana do Castelo

Desafios na implementação de um Grupo de Certificação de matas a nível Nacional
Congresso Florestal Nacional de 2017

Resumo:

A 2BForest Lda. possui um grupo de certificação de gestão de matas de âmbito Nacional. A criação do grupo, a forma e sistematização da informação sobre a gestão das matas pelos proprietários tem recorrido à experiência da equipe, na interpretação das normas, no conhecimento dos modelos de gestão da floresta portuguesa, auxiliando-se das novas tecnologias de forma a realizar o levantamento de limites das propriedades e de partilha de informação entre o grupo de certificação de matas.

Um dos maiores desafios que o grupo enfrenta são os meios e a forma de comunicação com os proprietários, com expectativas e graus de perceção do que é a gestão da floresta, tão dispares de norte a sul do país, de acordo com a idade e grau de envolvimento com a floresta e meio rural.

A nossa apresentação pretende mostrar como de forma simples e objetiva, um grupo de certificação da gestão das matas, pode contribuir para uma melhor gestão no curto-médio prazo, bem como as principais melhorias sentidas desde a criação do grupo “2B_Forest_Group” até ao momento, ao nível da aplicação das boas práticas, segurança e higiene dos trabalhadores, informação sobre condicionantes à gestão, apoio nas decisões de gestão de acordo com orçamentos propostos, conhecimento sobre valores naturais e arqueológicos, bem como respetivas implicações atuais e futuras nas atividades a desenvolver.

Palavras-chave: Certificação florestal, grupo de certificação nacional; proprietários florestais, novas tecnologias, comunicação, boas práticas

Primeiro Susana Brígido1*, Segundo Gabriela Caldeira Cabral2 e Marta Bastos 3
1, 2 e 3: 2BForest Lda.
e-mail: sbrigido@2bforest.pt

Consulte o documento original (aqui).

Mais informação sobre o projeto – 2bforest , consulte o site oficial (aqui)

Comente este artigo
Anterior Hubel Verde aposta em soluções biotecnológicas para a agricultura e inaugura filial em Alpiarça
Próximo Consulta pública - Norma SBP (Sustainable Biomass Program)

Artigos relacionados

Cotações PT

Cotações – Suínos – Informação Semanal – 14 a 20 Janeiro 2019

[Fonte: Agricultura e Mar – Cotações]
Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas
As cotações médias nacionais do porco classe E, do porco classe S e dos leitões de 19-25 Kg mantiveram-se estáveis em relação à semana anterior. […]

Últimas

Florestas, fazendas ou ranchos. Investidores apostam em nova classe de ativos

[Fonte: O Jornal Económico]

Tom Crowder está entre os mais de 200 especialistas empregados pelo grupo de gestão de ativos especiais do Bank of America, o SAM, que administra ativos no valor de 13,6 mil milhões de dólares (12,1 mil milhões de euros). […]

Últimas

A par da tradicional robustez e confiabilidade, Valtra entra em força nos segmentos profissionais

[Fonte: Voz do Campo]

A Valtractor é a filial da Valtra em Portugal, uma marca do Grupo AGCO que detém também a Massey Ferguson, a Fendt e a Challanger. Estabelecida em Portugal há cerca de três décadas dedica-se exclusivamente à comercialização de tratores Valtra através da sua rede de concessionários. […]