Previsão de longo prazo  – 25 nov. a 22 dez. 2019

Previsão de longo prazo – 25 nov. a 22 dez. 2019

Precipitação total co e temperatura média semanal com valores acima do normal

Na precipitação total semanal, prevêem-se valores acima do normal, para alguns locais das regiões Norte e Centro, nas semanas de 25/11 a 01/12 e de 09/12 a 15/12. Prevêem-se valores abaixo do normal, para a região Sul, na semana de 25/11 a 01/12 e para todo o território na semana de 02/12 a 08/12. Na semana de 16/12 a 22/12 não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo.

Na temperatura média semanal, prevêem-se valores acima do normal, para todo o território, na semana de 25/11 a 01/12 e apenas para as regiões do interior Norte e Centro na semana de 16/12 a 22/12. Prevêem-se valores abaixo do normal, para todo o território, na semana de 02/12 a 08/12. Na semana de 09/12 a 15/12 não é possível identificar a existência de sinal estatisticamente significativo.

IPMA, I.P.. 2019-11-27– 

Boletim previsão mensal, 25 nov. a 22 dez. 2019

O artigo foi publicado originalmente em IPMA.

Comente este artigo
Anterior CDS recomenda ao Governo a preparação de medidas concretas, e com caráter permanente, que visem minorar os efeitos da seca
Próximo Mundo rural "ocupa" Lisboa. “Aqui não há confederações, que têm o poder político por trás”

Artigos relacionados

Nacional

Produtos tradicionais podem ajudar economias rurais, defende investigadora

A venda de artigos típicos e artesanais ou de produtos com denominação de origem protegida, nas lojas das cidades, são contributos essenciais para a revitalização das frágeis economias rurais. Esta […]

Últimas

A2S abre candidaturas para o setor agrícola e agroindustrial a partir de 8 de março

Entre 8 de março e 9 de abril está aberto o período para a apresentação de candidaturas às ações 10211 – Pequenos […]

Últimas

Destruição do solo no Alentejo é galopante e só o adubo orgânico a pode parar

Primeiro, foram as campanhas do trigo a consumir o húmus dos solos do Alentejo. Agora as culturas intensivas vieram acelerar a erosão e colocar aos agricultores um desafio que exige resposta imediata: se não regressarem ao uso de fertilizantes orgânicos, […]