Presidente da República preside hoje à sessão de abertura da 36ª Ovibeja

Presidente da República preside hoje à sessão de abertura da 36ª Ovibeja

Presidente da República preside hoje à sessão de abertura da 36ª Ovibeja

A 36ª Ovibeja abre portas esta quarta-feira, 24 de abril, a partir das 11 horas, com sessão de abertura presidida, a partir das 12,30 horas, pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

O tema principal deste ano são as alterações climáticas e a agricultura, que vai ser revelada em vários espaços da feira, onde se inclui, a 26 e 27, um seminário da ACOS – entidade organizadora da Ovibeja.

Com largos milhares de visitantes por edição, a Ovibeja conta anualmente com mais de 1000 expositores, distribuídos por diversos setores de atividade, em pavilhões temáticos, numa área de 10 hectares do Parque de Feiras e Exposições Manuel de Castro e Brito, em Beja. Nos últimos anos tem vindo a aumentar o número de entidades com interesse em participar.

A Ovibeja revela a excelência do mundo rural e a riqueza da cultura alentejana e nacional. A oferta do evento inclui concursos, exposições de gado, demonstrações equestres, produtos agroalimentares de qualidade superior, gastronomia, comércio, provas desportivas, exposições empresariais e institucionais. Uma vasta programação cultural com espetáculos e concertos, inclui as famosas “ovinoites” que atraem largos milhares de jovens ao recinto da feira.

É um local de festa, um espaço de negócios, de cultura e debate, um fórum político e de cidadania.“Todo o Alentejo deste Mundo”.

O concerto do dia 24 vai ter como cabeça de cartaz o músico bejense António Zambujo. Esta é a noite de comemoração do 25 de abril que em Beja vai acontecer na Ovibeja, numa parceria entre a ACOS e a Câmara Municipal local. A partir das 22 as entradas na feira são livres para todos os que se quiserem associar à festa.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Anterior “Já amanhã, a dívida pública vai começar a descer em termos nominais”, garante Centeno
Próximo Estruturas representativas dos agricultores e olivicultores falam em desinformação 

Artigos relacionados

Últimas

Na selva com o biólogo que provou porque devemos salvar a Amazónia

É de noite na floresta tropical – barulhenta, quente e escura. O denso dossel florestal não deixa ver o céu. Por um instante, […]

Nacional

Opinião: Floresta e Energia (I). Deve a floresta nacional ser vista como bem comum?


Gil Patrão

Sendo os bens comuns detidos por todos e geridos de forma coletiva, a resposta à questão em título é […]

Últimas

Conheça um projeto ibérico de sucesso

[Fonte: TVI]
A cadeia Mercadona está prestes a instalar-se em Portugal.
Clique aqui para ver o vídeo. […]