Presidente da CAP escreve aos Associados sobre greve dos combustíveis

Presidente da CAP escreve aos Associados sobre greve dos combustíveis

[Fonte: CAP] A 4 dias do início da anunciada greve dos motoristas de matérias perigosas, o presidente da CAP dirigiu-se a todos os Associados da Confederação dos Agricultores de Portugal, dando conta do envio ao Governo de informação pertinente para no âmbito dos Serviços Mínimos e também Prioritários.

Em carta dirigida a todas as Associadas, o presidente da CAP alertou para o impacto da greve dos combustíveis em plena época de colheitas, insistindo na inclusão do sector agrícola na Rede de Emergência de Postos de Abastecimento definida pelo Governo.

Consciente dos efeitos devastadores para milhares de produtores, e sem desvalorizar o pré-aviso de greve, “desde a primeira hora que a CAP se posicionou ao lado de uma solução que permita salvaguardar e proteger o sector, o que levou o Ministério da Agricultura a solicitar informações sobre os locais considerados prioritários”, escreve Eduardo Oliveira e Sousa.

“Não será por falta de informação, de colaboração ou de disponibilidade por parte da CAP que os poderes públicos não dispõem de todos os elementos necessários para mitigarem esta situação”.

O presidente da CAP alertou ainda os agricultores para que tomem todas as medidas necessárias para, “com toda a segurança e dentro da legalidade”, criarem as reservas necessárias para minimizarem situações de carência que possam verificar-se, certo de que “os agricultores portugueses saberão ser um exemplo de elevação e de civismo”, conclui.

A CAP irá continuar a agir, junto dos poderes públicos, no interesse da defesa e salvaguarda da agricultura e dos agricultores e a intervir publicamente sempre que se justificar.

Com a colaboração das suas Associadas, a CAP elaborou uma lista com a identificação dos locais com condições para receber combustível agrícola e rodoviário que remeteu ao Governo.

Em carta dirigida a todas as Associadas, o presidente da CAP alertou para o impacto da greve dos combustíveis em plena época de colheitas, insistindo na inclusão do sector agrícola na Rede de Emergência de Postos de Abastecimento definida pelo Governo.

Consciente dos efeitos devastadores para milhares de produtores, e sem desvalorizar o pré-aviso de greve, “desde a primeira hora que a CAP se posicionou ao lado de uma solução que permita salvaguardar e proteger o sector, o que levou o Ministério da Agricultura a solicitar informações sobre os locais considerados prioritários”, escreve Eduardo Oliveira e Sousa.

“Não será por falta de informação, de colaboração ou de disponibilidade por parte da CAP que os poderes públicos não dispõem de todos os elementos necessários para mitigarem esta situação”.

O presidente da CAP alertou ainda os agricultores para que tomem todas as medidas necessárias para, “com toda a segurança e dentro da legalidade”, criarem as reservas necessárias para minimizarem situações de carência que possam verificar-se, certo de que “os agricultores portugueses saberão ser um exemplo de elevação e de civismo”, conclui.

A CAP irá continuar a agir, junto dos poderes públicos, no interesse da defesa e salvaguarda da agricultura e dos agricultores e a intervir publicamente sempre que se justificar.

Com a colaboração das suas Associadas, a CAP elaborou uma lista com a identificação dos locais com condições para receber combustível agrícola e rodoviário que remeteu ao Governo.


	


Lista de Postos de Combustível (incluindo gasóleo verde)


	http://www.ense-epe.pt/wp-content/uploads/2019/08/Postos_Exclusivos_Nao_Exclusivos_7_8_2019.pdf


	


Postos de Combustível em Mapa 
	https://fusiontables.googleusercontent.com/embedviz?q=select+col16+from+116kmJ8an-416Yl8h30oNHZ4cmh3TwgaTnfhc3mB-&viz=MAP&h=false&lat=39.608268396306734&lng=-5.271147050665823&t=1&z=7&l=col16&y=2&tmplt=2&hml=ONE_COL_LAT_LNG
Comente este artigo
Anterior ONU quer mudanças na dieta e no uso dos solos para travar alterações climáticas
Próximo FILPORC - Associação Interprofissional da Fileira da Carne de Porco reconhecida como Organização Interprofissional

Artigos relacionados

Comunicados

ISA participa em consórcio universitário para o desenvolvimento agrário e reforço da investigação nas regiões tropicais.

O Instituto Superior de Agronomia integra o Consórcio de Escolas de Ciências Agrárias e participa no lançamento do Centro UNESCO, Ciência LP – Centro Internacional para a Formação Avançada em Ciências Fundamentais de Cientistas oriundos dos Países de Língua Portuguesa […]

Comunicados

Governo abre mercado do Quatar à exportação de batatas.

O
Governo abriu um novo mercado para os produtores nacionais de batata.
Os operadores podem a partir de agora
exportar para o Qatar, […]

Comunicados

“Loures Inova” lança acelerador de negócios

A “Loures Inova”, centro de negócios e incubadora instalada no Mercado Abastecedor da Região de Lisboa (MARL), tem abertas, até 15 de novembro, […]