Presença conjunta da Portugal Fresh na Fruit Logistica com 500 m2

Presença conjunta da Portugal Fresh na Fruit Logistica com 500 m2

Na edição de 2019 da Fruit Logistica, a Portugal Fresh – Associação para a Promoção dos Legumes, Frutas e Flores de Portugal vai promover, pela nona vez consecutiva, uma presença conjunta de empresas e entidades ligadas ao sector hortofrutícola nacional. Nesta feira internacional anual de frutas e legumes, a associação terá uma área de exposição de 495 metros quadrados, no stand C12, no hall 5.2.

O espaço conjunto vai ser ocupado pelas seguintes empresas: Bfruit, BVLH, Campotec, Central Frutas do Paínho, Cooperfrutas, Coopval, Emergosol, Extrafrutas, Frusoal, Frutalvor, Frutas Patrícia Pilar, Granfer, GreenPeas, Hortapronta, Hortofrutícolas Campelos, Hortomelão, Kiwicoop, Lusomorango, Lusopêra, Triportugal, Vale da Rosa, Vitacress. A estas empresas juntam-se vários parceiros – Crédito Agrícola, Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva (EDIA), Fepal, Frutas, Legumes e Flores, Hidrosoph, Hubel, Lafpack, Magos, Portuguese AgroFood Cluster – e associações – Associação Nacional de Produtores de Pêra Rocha (ANP), Associação dos Produtores de Maçã de Alcobaça (APMA), Associação Portuguesa de Kiwicultores (APK), Centro Operativo e Tecnológico Hortofrutícola Nacional (Cothn), Federação Nacional das Organizações de Produtores de Frutas e Hortícolas (FNOP), Refcast – Associação Portuguesa da Castanha.

024a

Durante o dia 6 de Janeiro, o ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, acompanhado pelo embaixador de Portugal na Alemanha, João Mira Gomes, e por representantes do Lidl, irá visitar a feira e contactar com as empresas portuguesas presentes no evento. Nessa noite, terá lugar o habitual jantar promovido pela Portugal Fresh, que contará também com a presença do ministro, do embaixador e de representantes do Lidl. Durante a feira, o programa da Portugal Fresh inclui ainda distribuição de sumos de frutas e legumes portugueses e degustação de produtos portugueses.

Notícias relacionadas

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Verbas para novos projetos de regadio já estão disponíveis
Próximo Capoulas Santos garante que as “medidas agro-ambientais estão asseguradas”

Artigos relacionados

Dossiers

Açores abrem candidaturas ao VITIS com dotação de quatro milhões de euros

O secretário Regional da Agricultura e Florestas dos Açores anunciou que abre hoje, 11 de Novembro, o período de candidaturas ao regime de apoio à […]

Últimas

Programa de Combate à Desertificação “não tem eficácia”, acusa Tribunal de Contas

Tendo como ponto de partida o conhecimento de que 58% do território do Continente português é suscetível à degradação dos solos em zonas áridas e que para enfrentar estes riscos foi elaborado um Programa de Ação Nacional de Combate à […]

Últimas

i9AGRI: Número record de Expositores e Participantes na Primeira Grande Feira de Inovação Agroalimentar em Castelo Branco

Mais de 50 expositores já confirmaram a sua presença na Primeira Grande Feira de Inovação Agroalimentar de Portugal, i9agri – Feira de Inovação Agroalimentar, […]