Porto de Lisboa movimentou em 2021 mais 11% de citrinos importados

Porto de Lisboa movimentou em 2021 mais 11% de citrinos importados

Na Ership Lisboa – Terminal Multiusos do Beato (TMB), a campanha de importação de citrinos de 2021, provenientes da África do Sul e da Argentina, registou um aumento nos volumes movimentados. Assim, nos meses de Setembro e de Outubro, «no total foram movimentadas 7.591 toneladas de citrinos, o que representa mais 11% do que a quantidade movimentada no ano anterior», refere José Castel-Branco, administrador da APL – Administração do Porto de Lisboa, acrescentando que «estes citrinos tiveram como destino final tanto o mercado interno, como o espanhol».

Segundo a APL, «a Ership Lisboa recebeu cinco navios com esta mercadoria, todos agenciados pela Orey Navegação, entre os quais um redireccionado do porto de Roterdão para o porto de Lisboa, com vista a acelerar o processo de entrega de mercadoria ao cliente final». Em comunicado, a entidade indica que «o navio que Lisboa recebeu proveniente da Argentina, o M/V Baltic Performer, foi aquele que descarregou o maior número de paletes, com um total de 1.851 paletes, o que corresponde ao dobro da média dos restantes quatro navios de importação de citrinos».

De acordo com a APL, em termos de fluxo de entrada e saída de mercadorias, considerando o ciclo completo – descarga do navio, armazenagem, inspecção e entrega ao cliente final –, «a média do terminal foi de 920 paletes por semana». Neste contexto, a entidade afirma que, «com a boa performance operacional de todos os envolvidos nesta campanha, públicos e privados, é expectável que este mercado venha a crescer no Porto de Lisboa na campanha de 2022».

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas, Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Governo e PCP reagem à situação atual do setor leiteiro
Próximo Exportação de vinho aumentou 11,7% em valor até setembro para 669 ME – ViniPortugal

Artigos relacionados

Dossiers

African scientists call for policies to support synthetic biology and other innovative technologies

Scientists in Africa are calling on the continent’s leaders to enact policies and other laws that can facilitate adoption of newer technologies, including synthetic biology. […]

Últimas

AICEP realiza workshop em Coimbra sobre e-commerce internacional

A Aicep – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal vai levar a cabo em Coimbra (na Aicep – […]

Últimas

Investimento: África terá de ser mais do que Angola e Moçambique 

Quando um empresário português começa a estudar o mercado africano para fazer investimentos, os primeiros dois destinos em que pensa são, […]