Politécnico de Coimbra e News Organic Planet firmam parceria no setor agroalimentar

Politécnico de Coimbra e News Organic Planet firmam parceria no setor agroalimentar

O Politécnico de Coimbra e a New Organic Planet estabeleceram um protocolo que tem por finalidade reforçar a cooperação técnica, científica e humana entre as duas instituições. O protocolo foi assinado hoje, dia 8 de abril, na Sala de Atos dos Serviços Centrais do IPC, por Jorge Conde, presidente do Politécnico de Coimbra e Paula Simões e Luís Albano, representantes da New Organic Planet.

Para Jorge Conde, esta associação pode ser uma mais-valia para o Politécnico de Coimbra, que tem vários cursos ligados à área agroalimentar, nomeadamente à agricultura biológica e à biotecnologia. “Os nossos estudantes podem encontrar aqui caminhos de financiamento que alavanquem projetos empresariais a que se queiram dedicar”, esclarece o responsável.

A New Organic Planet é uma empresa que desenvolve projetos conexos ao setor agroalimentar Bio, e promove a I&D de produtos ou processos que visem melhorar este setor, tendo como objetivo aumentar a produção científica e promover práticas de investigação no sentido do desenvolvimento de novos produtos e novos negócios, nos setores da Agricultura, Indústria e Investigação. Neste âmbito desenvolvem três programas: o IncuBio desenvolve projetos que se encontram em estágios embrionários, o BioDeveloper é dedicado a I&D que, através de parcerias com instituições públicas e privadas, desenvolve projetos conjuntos e o BioFunding concentra o processo de financiamento de projetos que se encontram em estágios mais avançados.

Com esta parceria, pretende-se promover projetos de investigação e desenvolvimento no âmbito do programa BioDeveloper, contribuir para a divulgação de informação que leve ao desenvolvimento de projetos no âmbito dos programas IncuBio e BioFunding e promover a aproximação entre o meio universitário, de investigação e associativo ao meio empresarial. O protocolo de cooperação compreende a realização de ações de divulgação destes programas, a par da participação mútua em seminários, workshops e iniciativas públicas.

Comente este artigo
Anterior Álvaro Amaro defende verdadeira transição tecnológica e de informação nos campos
Próximo Incêndios: AR estende por mais dois meses mandato do Observatório Técnico Independente

Artigos relacionados

Dossiers

Estudo| Uso prolongado de bioinseticida à base de Bt gera resistência

Investigadores da Universidade de Valencia quiseram saber como os insetos e os vermes microscópicos se defendem das toxinas do Bacillus thuringiensis e concluíram que o uso continuado de bioinseticidas […]

Últimas

CEBAL vê aprovada candidatura ao Alentejo 2020 para a contratação de 4 Doutorados na área da Transferência de Tecnologia

O Cebal — Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo respondeu, recentemente, à chamada do Alentejo 2020 para apresentação […]

Últimas

Madeira investe 1,6 milhões para requalificar postos e torres da Polícia Florestal

“É uma obra que vai demorar seis meses e com um custo de 1,6 milhões de euros”, anunciou a secretária regional do Ambiente e Recursos Naturais, […]