Plano Estratégico da PAC 2023-2027 – Consulta alargada aberta até 11 de dezembro

Plano Estratégico da PAC 2023-2027 – Consulta alargada aberta até 11 de dezembro

Encontra-se aberto o processo de consulta alargada do Plano Estratégico de Portugal no âmbito da Política Agrícola Comum, para o período 2023-2027. Convida-se à participação e envio de contributos até 11 de dezembro.

A proposta de Regulamento dos Planos Estratégicos da PAC estabelece que cada Estado-Membro apresente, um plano estratégico único incluindo as medidas de apoio para se alcançarem os objetivos específicos da UE para a futura PAC e a Comissão verifica esses planos e procede à sua aprovação. Os planos estratégicos da PAC combinarão os instrumentos de apoio da PAC financiados pelo FEAGA – pagamentos diretos e intervenções setoriais e pelo FEADER – intervenções do desenvolvimento rural.

Em linha com os procedimentos previstos na proposta de regulamento, as diferentes componentes do Plano Estratégico da Politica Agrícola Comum 2023-2027 (PEPAC) são sujeitas a contributos através de processo de consulta alargada, que incluirão os parceiros económicos e sociais bem como as entidades representativas do setor agrícola, ambiente e da sociedade civil.

Nesse sentido, o GPP, enquanto coordenador pela elaboração do PEPAC, criou uma página no sitio de internet específica sobre esta temática: Esta página inclui a documentação e informação relevante para efeitos de um acompanhamento da elaboração do referido plano.

O processo de consulta alargada incidirá, na presente fase, aos documentos que dizem respeito às primeiras quatro fases do processo de planeamento e que incidem sobre os diagnósticos por objetivo específico e diagnóstico para o objetivo transversal, respetivas matrizes SWOT bem “Orientação estratégica e Logica de Intervenção” que inclui a visão estratégica nacional, articulação entre os desafios nacionais e objetivos da PAC, a identificação das necessidades por Objetivo Específico e respetiva pré identificação de tipologias de intervenções que lhes poderão dar resposta. O conjunto destes elementos foi elaborado tendo em conta contributos de várias entidades da administração bem como de alguns stakeholders, encontrando-se a documentação colocada para efeitos da consulta alargada estruturada em três níveis: Continente, Região Autónoma da Madeira e Região Autónoma dos Açores.

Em termos procedimentais solicita-se que os contributos sejam endereçados para o seguinte email: [email protected] devendo indicar a que região diz respeito o contributo, apresentando a seguinte menção no assunto do respetivo email:

Plano Estratégico da PAC 2023-2027 | Consulta alargada | CONTINENTE ou RA MADEIRA ou RA AÇORES | Identificação da Entidade

O processo de consulta alargada estará aberto à participação e envio de contributos até ao dia 11 de dezembro de 2020.

Foi criado um documento de contexto ao processo de consulta , designado “Documento de contexto para consulta alargada”, que apresenta de forma sintética os aspetos chave da Politica Agrícola Comum que vigorará no período 2023 a 2027, os aspetos principais sobre o conteúdo do Plano Estratégico da PAC, qual o ponto de situação dos trabalhos do PEPAC e informações sobre o processo de consulta alargada.

Contacto para esclarecimento sobre o processo de consulta alargada: [email protected] .

Participe!

→ Consulte aqui os documentos ←

Comente este artigo
Anterior Morreu James Symington, figura de destaque do sector do vinho do Porto
Próximo Amendoal Alentejano supera a produção de Trás-os-Montes com área 18 mil hectares

Artigos relacionados

Nacional

Aprovado novo Laboratório Associado TERRA

No último dia 25 de fevereiro a Fundação para a Ciência e a Tecnologia procedeu à aprovação e atribuição enquanto Estatuto de Laboratório Associado (LA) ao “TERRA: Laboratório para a Sustentabilidade do Uso da Terra e dos Serviços dos Ecossistemas”. […]

Cotações PT

Cotações – Azeite – Informação Semanal – 3 a 9 Fevereiro 2020

Análise SIMA – Sistema de Informação de Mercados Agrícolas
Azeite
Em Espanha, na quinta semana de 2020 os preços médios a granel do azeite virgem extra variaram entre 2,05€/kg, […]

Últimas

Seca na lezíria do Tejo

Os agricultores e proprietários da lezíria do Tejo queixam-se que não têm água, desde sexta-feira, para regar os campos. Acusam as barragens espanholas de fechar e abrir a torneira quando […]