Plan-a-Farm quer estimular produção e venda de produtos biológicos

Plan-a-Farm quer estimular produção e venda de produtos biológicos

A startup nacional, sediada no MARL, lançou uma Campanha de Produtos Biológicos em todo o País para angariar produtores e comerciantes, estimulando assim a produção nacional.

“Nos contactos que temos feito com clientes nacionais e estrangeiros apercebemo-nos que há cada vez mais procura por produtos de Agricultura Biológica, assim decidimos lançar esta campanha para podermos ir ao encontro de produtores, comerciantes e consumidores”,

explica Daniel Emídio, CEO e fundador da Plan-a-Farm.

No seu site, a empresa criou formulários específicos (campanha bio) onde cada agente pode descriminar o que produz, quer comercializar ou comprar, para poder avaliar o que se produz e o que os comerciantes e o mercado precisam, apostando sempre numa economia circular sustentável e de maior proximidade.

A Plan-a-Farm faz já a ligação entre vários agricultores nacionais e pontos de venda no nosso País, mas tem também ajudado os produtores a exportar para alguns países europeus, como Áustria, Lituânia e Holanda, entre outros.

A principal diferença desta jovem empresa – incubada na LouresINOVA, dedicada ao setor agroalimentar – é juntar num só sítio todos os profissionais do agronegócio que procuram ou fornecem: Produtos, Serviços, Oportunidades e Investimento. Criando uma comunidade onde se promove a cooperação, partilha de informação e boas práticas.

Desta forma, a empresa rentabiliza, para todos os intervenientes, tempo e dinheiro. Otimizando as encomendas e a logística, ao juntar, por exemplo, num mesmo transporte, várias encomendas e produtos provenientes de diferentes fornecedores.

Tudo para promover a produção nacional e criar valor no agronegócio!

biológico

plan a farm biológico

 

————————————-

Sobre a Plan-a-Farm

A Plan-a-Farm nasceu oficialmente este ano, mas o projeto já está em desenvolvimento há dois anos. O grande impulso foi dado no Natal de 2016 com a primeira exportação para a Áustria.

A empresa é a concretização do sonho de Daniel Emídio que já trabalha na área agrícola há seis anos colaborando em vários projetos nacionais e internacionais.

Comente este artigo
Anterior Projecto Restolho recebe donativo da Missão Continente
Próximo GP CDS-PP: Quadro Financeiro Plurianual e projetos-piloto de reflorestação do Pinhal Interior

Artigos relacionados

Comunicados

Limitação à circulação entre concelhos – trabalhadores do setor agrícola, pecuário e das pescas

Em primeiro lugar, estabelece-se um conjunto de medidas aplicáveis a todo o território nacional, limitando, nomeadamente, a circulação de pessoas entre concelhos entre os dias 27 de novembro e […]

Últimas

Marcelo defende aumento de salário mínimo perante preocupações de dirigentes agrícolas

“Sou defensor da concertação social e por aí penso que se deve ir ao encontro de um desejável acordo global de rendimentos”, […]