PJ detém pastor suspeito de atear incêndios em Castro Daire

PJ detém pastor suspeito de atear incêndios em Castro Daire

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quinta-feira que deteve um pastor, de 36 anos, suspeito de atear incêndios florestais para “limpar matos e arbustos em zona de pastagem”, em Gosende, no concelho de Castro Daire.

Segundo a PJ, o homem está “fortemente indiciado pela prática de dois incêndios florestais”, ocorridos nos dias 16 e 17 de agosto, havendo a suspeita de que usou um isqueiro para os atear.

“As ignições consumiram uma pequena área de povoamento misto e mato, só não assumindo proporções mais graves devido à pronta e eficiente intervenção dos bombeiros”, refere aquela polícia, acrescentando que o pastor não tem antecedentes criminais.

A detenção, feita pela Diretoria do Norte da PJ, contou com a colaboração do Núcleo de Proteção Ambiental de Viseu da GNR.

O artigo foi publicado originalmente em Rádio Renascença.

Comente este artigo
Anterior Declaração de colheita e produção vinícola tem de ser entregue até 15 de Novembro
Próximo Cotações – Cortiça – Informação Semanal – 16 a 22 Setembro 2019

Artigos relacionados

Nacional

Valor da produção do setor agrícola aumentou

Eurostat confirma que o valor da produção do setor agrícola para 2018 aumentou (+0,7%) para um novo máximo […]

Nacional

Inseticidas com dimetoato proibidos a partir de 17 de julho de 2020

Os inseticidas e acaricidas com a substância ativa dimetoato, utilizada em fitofarmacêuticos para controlar pragas nas culturas de cenoura, salsa de raiz grossa, […]

Nacional

Fogo na Sertã está a ceder lentamente aos meios de combate

O incêndio de grandes dimensões que lavra esta sexta-feira no concelho da Sertã está a ceder ao combate “com lentidão”, disse à […]