Período de licenciamento das caçadas a javalis alargado até dia 30 de setembro

Período de licenciamento das caçadas a javalis alargado até dia 30 de setembro

Com o objetivo de corrigir a densidade do número de efetivos de javalis e prevenir a Peste Suína Africana (PSA), o Governo anunciou, através do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), a abertura de uma época para a realização de caçadas aos javalis, cujo licenciamento foi agora alargado até 30 de setembro.

De acordo com o edital publicado pelo ICNF, o alargamento do período de licenciamento das caçadas ao javali deve-se à “necessidade de continuar a realização de medidas para controlo de efetivos populacionais de javali, com vista à prevenção da peste suína africana, assim como reforçar as medidas para a minimização de danos causados em culturas agrícolas e florestais”.

Para tal, as entidades titulares ou gestoras das zonas de caça, interessadas em realizar medidas de correção de densidade populacional de javalis, podem requerer junto do ICNF as autorizações para a realização das respetivas caçadas.

Aceda ao edital publicado pelo ICNF aqui.

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Comente este artigo
Anterior ICNF alarga período de licenciamento de caça ao javali até 30 de Setembro
Próximo Corteva Agriscience patrocina Farming Simulator League 2019/2020

Artigos relacionados

Nacional

Prevenção da Fitóftora: do Viveiro ao Montado

Inserido no programa da FICOR – Feira Internacional da Cortiça,  irá decorrer no dia 1 de junho, das 9h50 às 10h50, […]

Últimas

“S. Pedro é do mundo rural” e a chuva não os vai parar. De todo o país até Lisboa, para defender as raízes e rejeitar um “Portugal Coitadinho”

“O Portugal Rural é para afirmar e promover. Não aceitamos a desertificação de parte do território nacional, nem o esquecimento dos Portugueses que vivem no Mundo Rural. […]

Sugeridas

PDR 2020 tem 600 mil euros para promover cooperação entre organizações interprofissionais

A entidade gestora do PDR 2020 abriu as candidaturas à ‘Operação 5.2.1 – Organizações Inter-profissionais (2º Anúncio)’, uma medida para reforçar o associativismo e que conta com uma dotação orçamental de 600 mil euros. […]