Pedrógão: há mais prevenção, mas o risco continua

[Fonte: Expresso]

Entre 2016 e 2019, o Estado investiu mais €212 milhões de euros no sistema de gestão integrada de fogos florestais e equilibrou o peso do investimento na prevenção — pesava 20% e agora ocupa 46% e o combate 54%, segundo dados oficiais da Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais (AGIF). O número de sapadores aumentou de 1365 para 2000, criaram-se 1863 “Aldeias Seguras” quando não havia nenhuma, avançou-se com campanhas de comunicação e alerta às populações, limparam-se 3500 quilómetros de faixas de gestão de combustível da rede primária pública, abriram-se linhas de crédito para as câmaras e os privados fazerem gestão de combustível e reforçou-se a fiscalização da limpeza em redor de casas e aldeias. Contudo, isto não chega para dizer que Portugal está livre do risco de grandes incêndios.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso – iOS e Android – para descarregar as edições para leitura offline)

Comente este artigo

O artigo Pedrógão: há mais prevenção, mas o risco continua foi publicado originalmente em Expresso.

Anterior Pedrógão Grande: Despovoamento e desemprego continuam por resolver na região
Próximo II Fórum Smart Farm // Mitos na Alimentação - 18 de junho - Lisboa

Artigos relacionados

Nacional

Fórum Internacional sobre Bio-regiões a 2 de Abril em Penafiel

[Fonte: Gazeta Rural]

A agricultura biológica, a sustentabilidade e as bio-regiões estarão em debate na próxima terça-feira, dia 2 de abril, no Fórum Internacional sobre Bio-regiões, que se realiza durante a tarde, a partir das 14h00, na sede da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa), […]

Últimas

Investimento prevê apoio de fundos públicos, privados e europeus

Figueiró dos Vinhos, Leiria, 03 jul (Lusa) – A reconstrução e investimento na zona da região Centro afetada pelos incêndios que deflagraram em 17 de junho vai contar com o recurso a fundos públicos, fundos europeus e outros, como seguros ou fundos privados.

Comente este artigo
#wpdevar_comment_5 span,#wpdevar_comment_5 iframe{width:100% !important;} […]

Nacional

Aspoc leva formação sobre o consumo de carne de coelho a Oleiros

[Fonte: Agricultura e Mar]
A ASPOC — Associação Portuguesa de Cunicultura realizou uma acção de formação sobre o consumo de carne de coelho, no dia 27 de Maio, em Oleiros, inserido na campanha para consumo da carne de coelho na Península Ibérica, […]