PDR 2020 tem 7,5 M€ para apoiar horticultura. Candidaturas até 2 de Agosto

A entidade gestora do Programa de Desenvolvimento Rural 2014-2020 (PDR 2020) tem 4 milhões de euros para apoio à horticultura. As candidaturas podem ser entregues até 2 de Agosto de 2019, às 17h00.

Segundo o Anúncio 19/3.2.1/2019, na Operação 3.2.1 – Investimento na Exploração Agrícola | Horticultura (19º Anúncio), as candidaturas apresentadas devem prosseguir os seguintes objectivos:

  • reforçar a viabilidade das explorações agrícolas, promovendo a inovação, a formação, a capacitação organizacional e o redimensionamento das empresas:
  • preservar e melhorar o ambiente, assegurando a compatibilidade dos investimentos com as normas ambientais e de higiene e segurança no trabalho.

Tipologias a apoiar

A tipologia de intervenção a apoiar respeita a investimentos nas explorações agrícolas cujo valor total seja superior a 25 mil euros. O apoio destina-se a todo o território continental.

Candidaturas

Pode consultar o Anúncio 19/3.2.1/2019 aqui e candidatar-se no site do PDR 2020, aqui.

Agricultura e Mar Actual

Verifique também

A Comissão Europeia já estabeleceu os limites máximos orçamentais aplicáveis em 2019 a determinados regimes …

O artigo foi publicado originalmente em Agricultura e Mar.

Comente este artigo
Anterior Caldas da Rainha recebe sessão de divulgação sobre Estatuto da Agricultura Familiar
Próximo CDS afirma falta de água de rega na Ponta do Sol

Artigos relacionados

Últimas

O meu testemunho e opinião sobre robôs de ordenha

Pediram-me, por mensagem privada, uma opinião sobre o robô de ordenha. Já recebi muitas visitas e já respondi muitas vezes, mas nunca o tinha […]

Opinião

Importância da Ciência na Saúde e na Alimentação – Manuel Chaveiro Soares

A pandemia do COVID-19 veio criar grande preocupação e ansiedade em todo o mundo, tendo em conta a ameaça desta virose para a saúde humana. […]

Últimas

Bolsonaro nega dados oficiais sobre desflorestação na Amazónia

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, acusou esta sexta-feira o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), um órgão público brasileiro, de mentir sobre a escala de desflorestação na floresta amazónica. […]