Pandemia ameaça precisão de previsões meteorológicas

Pandemia ameaça precisão de previsões meteorológicas

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) disse estar preocupada com o impacto do vírus na qualidade e quantidade de observações e previsões meteorológicas. A manutenção de sistemas de satélite e estações meteorológicas pode ser afetada se os bloqueios continuarem nas próximas semanas.

A precisão de previsões meteorológicas é essencial para os mercados de “commodities”, como agricultura, gás natural, eletricidade e carvão. Agricultores e “traders” de produtos agrícolas dependem das previsões para determinar o momento de semear e os preços. Os mercados de gás são particularmente sensíveis aos dados climáticos para ajudar a prever a procura.

O volume de informações relacionadas com o clima recolhidas por aeronaves comerciais afundou com a suspensão de voos pelas companhias aéreas.

“As medições em voo da temperatura ambiente e velocidade e direção do vento são uma fonte muito importante de informações para a previsão do tempo e a monitorização do clima”, afirmou a OMM em comunicado.

A organização com sede em Genebra funciona como espinha dorsal dos serviços meteorológicos e climáticos de 193 países e territórios.

Grande parte do sistema é automatizado, por isso, o impacto nos dados climáticos tem sido relativamente modesto até agora, mas “à medida que a diminuição da disponibilidade de observações meteorológicas das aeronaves continua e se expande, podemos esperar uma gradual redução da fiabilidade das previsões”, disse Lars Peter Riishojgaard, diretor do escritório de sistema terrestre do Departamento de Infraestrutura da OMM, em comunicado.

Se a diminuição das observações meteorológicas da superfície continuar, em particular se o surto começar a impactar amplamente a capacidade dos observadores de fazerem o seu trabalho nos países em desenvolvimento, as previsões também serão afetadas, disse.

A OMM monitoriza a situação e trabalha com os Estados membros para mitigar o impacto, acrescentou o responsável.

Comente este artigo

O artigo foi publicado originalmente em Jornal de Negócios.

Anterior Covid-19: Marcelo visitou produção de tomate para mostrar "país que está a produzir"
Próximo Com hotéis e restaurante fechados, produtores procuram alternativa para escoar queijos

Artigos relacionados

Últimas

Eng. Zootécnico

Empresa do sector suinícola localizada na Bidoeira de Cima em Leiria, procura Eng. (a) Zootécnico (a) / Produção Animal, para integrar na sua equipa.  […]

Nacional

Venezuela. “Estão a furar a quarentena, porque não têm comida”

“Queda-te em casa” (fica em casa), é o conselho mais repetido na campanha lançada pela Cáritas da Venezuela através dos meios de comunicação. […]

Nacional

UE renova a aprovação da substância activa tolclofos-metilo usada em fungicidas

A Comissão Europeia renovou a aprovação da substância activa tolclofos-metilo, utilizada em fungicidas, mas apenas para as culturas da batata e flores ornamentais. […]