Palestra sobre HLB na Universidade do Algarve

Palestra sobre HLB na Universidade do Algarve

[Fonte: Voz do Campo]

Realiza-se na próxima segunda-feira, dia 13 de maio, mais um seminário de Hortofruticultura, incluído no Mestrado com o mesmo nome, da Universidade do Algarve. Terá uma duração aproximada de uma hora, com início às 18h:30, no auditório verde, edifício 8 da UALG (Campus de Gambelas).

Com o título “Strategies for maintaining Florida’s citrus production under high HLB incidence”, este seminário é apresentado por Rhuanito Ferrarezi, professor da Universidade da Flórida, de origem brasileira. O seminário será em português, com slides em inglês.

Abordará a situação do HLB na Flórida, região com elevada taxa de incidência de huanglongbing (HLB), o que levou a uma forte redução de citrinos naquele estado, com foco na produção de frutos para consumo em fresco, e mostra os seus projetos de investigação para a solução do problema. Divide a apresentação em estratégias focadas no hospedeiro (planta), vetor (psilídeo) e bactéria.

Comente este artigo

O artigo Palestra sobre HLB na Universidade do Algarve foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Anterior Semear a inclusão no setor agroalimentar
Próximo M&F promove conferência sobre armazenamento dinâmico de frutas

Artigos relacionados

Últimas

PSD defende avaliação dos impactos do acordo com o Mercosul nos Açores

[Fonte: Açoriano Oriental]

O deputado do PSD à Assembleia da República eleito pelos Açores António Ventura defendeu esta segunda-feira a necessidade de Portugal avaliar os impactos do acordo entre a União Europeia e o Mercosul na agricultura açoriana.

“É uma inconsciência não se iniciar desde já […]

Nacional

CNA e movimento de Coimbra e Midões manifestam-se contra insuficiência de medidas aos incêndios

[Fonte: CNA]
Medidas de facto justas e eficazes para acudir aos prejuízos dos Incêndios rurais.
Os afetados com os incêndios entre Julho e  Outubro de 2017 consideram insuficientes e mesmo desadequadas as medidas  de apoio  (umas avançadas  e outras   anunciadas) pelo  Governo, tendo em conta os avultados prejuízos sofridos pelas populações e pelos agricultores em especial. […]

Últimas

Época de combate a incêndios florestais tem início amanhã

Começa amanhã (segunda-feira) a época oficial de incêndios florestais, depois de um inverno e de uma primavera com cerca de seis mil fogos e uma área ardida superior a 11 mil hectares. Embora algumas destas ocorrências tivessem merecido destaque na comunicação social, a maior parte foram de pequena dimensão e dispersas. […]