Paladin desafia público a beber vinagre na Alimentaria&Horexpo Lisboa 2019

Paladin desafia público a beber vinagre na Alimentaria&Horexpo Lisboa 2019

Empenhada em mostrar a inovação dos seus produtos, a Paladin, marca da Mendes Gonçalves, irá convidar os visitantes da Alimentaria&Horexpo Lisboa 2019 a fazer algo aparentemente inóspito: beber vinagre.

«Acreditamos que a Alimentaria&Horexpo Lisboa é um dos melhores palcos para mostrar uma parte do nosso centro de investigação, desenvolvimento e inovação. Por isso, iremos partilhar o resultado de muita investigação ao nível do vinagre e do alho», explica Diogo Castelo-Branco, do Departamento IDI da Mendes Gonçalves.

Através do “Laboristórias”, a Mendes Gonçalves irá apresentar Espuma de Alho Fresco, que com um verdadeiro sabor a alho fresco pode substituir um comum paté de forma mais saudável e totalmente inesperada. «Uma verdadeira experiência sensorial», destaca.

Enquanto isso, os mestres vinagreiros e especialistas em vinagres irão convidar os visitantes a beber vinagre e a perceber como isso pode ser agradável, saboroso e refrescante. «São os nossos Cocktails 100% saborosos e naturais e refrescantes, feitos a partir de um dos ingredientes mais naturais do mundo: o vinagre», desvenda Diogo Castelo-Branco.

A admitir que um dos grandes objectivos da marca é responder aos desafios do futuro, ao mesmo tempo que está ao lado da restauração e, principalmente, dos futuros cozinheiros, Diogo Castelo-Branco não esconde que a marca quer ser Top of Mind sempre que a ideia for “dar sabor à comida”, porque acredita que é assim que se constrói o futuro da alimentação.

Notícias relacionadas

O artigo foi publicado originalmente em Revista Frutas, Legumes e Flores.

Comente este artigo
Anterior Jungheinrich com novas soluções para a segurança dos armazéns
Próximo Governo quer acelerar uso de fundos comunitários para reabilitar em 2019

Artigos relacionados

Últimas

Desmatamento na Amazónia brasileira aumentou 88% em junho

A Amazónia Legal corresponde à área delimitada na Amazónia brasileira em que são permitidas algumas atividades de exploração humana.
O balanço parcial dos primeiros 28 dias de junho mostrava um desmatamento de 769 quilómetros quadrados, […]

Comunicados

Área ardida nas áreas protegidas em 2019 foi um décimo do habitual

Em 2019, registaram-se 384 incêndios florestais nas áreas protegidas e a área ardida foi de cerca de mil hectares. […]

Dossiers

CONSELHO EUROPEU AGRICULTURA Portugal pede Medidas Excepcionais na PAC

Na preparação do Conselho Europeu de Agricultura de dia 25 de Março, Portugal sinalizou a necessidade de medidas excepcionais que incluam a […]