Os vencedores do Prémio Floresta e Sustentabilidade são…

Os vencedores do Prémio Floresta e Sustentabilidade são…

Abastena, Herdade da Sanguinheira de Codes, Associação para a Certificação Florestal do Minho-Lima e INIAV são os grandes vencedores do Prémio Floresta e Sustentabilidade

Vencedores anunciados hoje na Fundação Calouste Gulbenkian. Foram ainda atribuídas duas menções honrosas.

O Prémio Floresta e Sustentabilidade anunciou os seus vencedores: uma sociedade, uma associação, um instituto público e uma entidade privada.

Houve ainda lugar para duas menções honrosas nas categorias de Boas Práticas de Silvicultura e Associativismo, respectivamente à Unimadeiras e à Associação de Produtores Florestais do Concelho de Coruche e Limítrofes.
Segue-se a lista completa de vencedores:

  • Associativismo:

Vencedor: Abastena
Menção Honrosa: Associação de Produtores Florestais do Concelho de Coruche e Limítrofes

  • Sustentabilidade Florestal:

Vencedor: Associação para a Certificação Florestal do Minho-Lima

  • Projetos de I&D:

Vencedor: INIAV  – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária

 

  • Boas Práticas de Silvicultura:

Vencedor: Herdade da Sanguinheira de Codes
Menção Honrosa: Unimadeiras

Os vencedores foram escolhidos pelo júri do Prémio Floresta e Sustentabilidade – 17 personalidades de renome de diversas entidades relacionadas com a floresta, a agricultura, o ambiente e a economia – numa reunião no dia 20 de Janeiro de 2017, tendo como base uma análise estatística elaborada pela consultora PwC às 75 candidaturas.
Entre os números apresentados pela PwC, será de destacar o facto da região Centro ter dominado nas candidaturas.
Carlos Amaral Vieira, membro do júri e director geral da CELPA – Associação da Indústria Papeleira, promotora do Prémio Floresta e Sustentabilidade, destacou a “qualidade das candidaturas”.
O Prémio Floresta e Sustentabilidade é um prémio inovador e único na sua área, aberto a todas as fileiras e espécies florestais.
O Prémio Floresta e Sustentabilidade é bienal, regressando agora em 2018.
Promovido pela CELPA – Associação da Indústria Papeleira, o Prémio Floresta e Sustentabilidade teve como parceiros o Correio da Manhã e o Jornal de Negócios, o apoio técnico da PwC e o patrocínio do Ministério da Agricultura.

Vídeos sobre os vencedores: https://we.tl/QRXLneXaR0
Mais informações em www.premiofloresta.cmjornal.xl.pt

Comente este artigo
Anterior Trade Focus: Crop futures feel macro-economic chill
Próximo Abertas candidaturas para a 4.ª edição do "Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola"

Artigos relacionados

Sugeridas

Estatuto da agricultura familiar – Finalmente publicado, mas…

Finalmente, foi ontem publicado no Diário da República o Decreto-Lei nº 64/2018 de 7 de Agosto, que consagra o Estatuto da Agricultura Familiar. […]

Comunicados

Crédito Agrícola é o Melhor Banco para o Desenvolvimento Agrícola em Portugal

[Fonte: Crédito Agrícola]
Distinção dos Global Banking and Finance Review Awards
Lisboa, 21 de Janeiro de 2019 – O Grupo Crédito Agrícola foi eleito pela revista Global Banking and Finance Review como o “Melhor Banco para o Desenvolvimento Agrícola em Portugal – 2018”. […]

Comunicados

Governo abre mercado da Costa do Marfim a frutas portuguesas

Está formalmente aberto mais um mercado para a exportação de fruta portuguesa. A partir de agora, os produtores nacionais de pêra, maçã, pêssego, ameixa, citrinos e uva de mesa já podem exportar para a Costa do Marfim.
O mercado da Costa do Marfim representa um elevado potencial para os produtores e empresas de fruticultura nacional, […]