Os amigos do ambiente gostam de passear no campo ou nas redes sociais? – José Maria Vieira Martins

Os amigos do ambiente gostam de passear no campo ou nas redes sociais? – José Maria Vieira Martins

Não devemos tomar decisões com base em fundamentalismos vindos das redes sociais e na desinformação acerca do mundo rural, pois há alternativas, reais e sustentáveis, para os problemas ambientais

Hoje tenho a sorte de estar a passear pelo Saldanha. Enquanto caminho descontraidamente, penso na sorte que tenho em estar aqui, a passear em pleno centro da cidade, longe dos incautos bovinos que insistem em poluir o nosso planeta, por constantemente deixarem fugir incontáveis flatulências. E longe, bem longe dos malfadados olivais intensivos que destroem o nosso Alentejo, destruindo a identidade e paisagem, ávidos sorvedouros de água do nosso querido, e tão histórico, Alqueva.

Apesar de ser apenas uma paródia, a verdade é que existe hoje uma necessidade cada vez maior de optimizar a agricultura. Existem cada vez mais pessoas para essa agricultura alimentar, cada vez mais concentradas nas cidades.

É uma impossibilidade matemática: face ao número de pessoas que actualmente habita nas cidades um pouco por todo o mundo, como poderia a agricultura não ser super intensiva, industrializada, mecanizada e optimizada? 

Continue a ler este artigo no Observador.

Comente este artigo
Anterior Gente realmente importante
Próximo As “4L” do Ministério da Agricultura - Carlos Neves

Artigos relacionados

Notícias meteorologia

Precipitação semanal e acumulada no ano hidrológico 2020/2021 – 26 de abril de 2021

Precipitação semanal e acumulada no ano hidrológico com origem em 3 redes de Estações Meteorológicas, do COTR, ARBVS e Agrotejo, para divulgação no Agroportal. […]

Últimas

Webinar: Rural Entrepreneurship, Opportunities and Challenges – 30 de novembro

On November 30 from 11 a.m. to 1 p.m. will take place the annual online congress of the Rural Employability Network (REN). A congress at European level which objective is to provide […]

Blogs

Qual a idade das florestas em Portugal e na Europa? E a sua saúde?

Em Portugal, a idade das florestas situa-se, na maioria dos casos, entre os 20 e os 80 anos, uma tendência em linha com a Europa. Em termos de […]