Orçamento de Estado 2020 – Agricultura e Floresta

Orçamento de Estado 2020 – Agricultura e Floresta

  • Dar continuidade à execução do Programa Nacional de Regadios e à aposta no regadio eficiente e sustentável, capaz de reforçar a resposta às alterações climáticas.
  • Manter a aposta na internacionalização do setor agroalimentar, criando condições para o aumento das exportações e apostando no aumento do leque de novos mercados ao alcance de Portugal, bem como na valorização de uma maior gama de produtos.
  • Defender uma Política Agrícola Comum (PAC) pós-2020 mais justa e inclusiva, preocupada com a preservação dos recursos naturais e que represente uma resposta para a mitigação e adaptação às alterações climáticas. Tudo faremos para alcançar um acordo político sobre a PAC e para que este seja benéfico para todos os agricultores portugueses e para o desenvolvimento equilibrado e sustentável.
  • Reforçar o apoio à agricultura familiar, à pequena agricultura e à agricultura biológica, continuando a incentivar o equilíbrio entre os valores ambientais e de produção agrícola.
  • Dar continuidade à valorização da marca “Portugal” e dos produtos endógenos, reforçando o seu carácter diferenciado e de qualidade e procurando acompanhar as tendências de consumo.
  • Continuar a promover o desenvolvimento do espaço rural, do território nacional, bem como de outros setores económicos associados à agricultura, como o turismo, a gastronomia, o artesanato e a cultura.
  • Mudar a Floresta: Investir mais 100 milhões de euros nas florestas, dando preferência a espécies autóctones e remunerando os serviços dos ecossistemas. Assim, prevenir-se-á a ocorrência de grandes incêndios rurais e aumentar-se-á a capacidade de sequestro de carbono da floresta portuguesa. Criar os Planos Poupança Florestal e um benefício fiscal associado para estimular o investimento na floresta por parte de muitos pequenos investidores.

O artigo foi publicado originalmente em Orçamento de Estado 2020 .

Comente este artigo
Anterior Orçamento da Agricultura aposta no apoio à agricultura biológica e à agricultura familiar
Próximo The Summer Berry Company Portugal no topo do ranking das principais empresas exportadoras de pequenos frutos

Artigos relacionados

Vídeos

What are Geographical Indications?

European food and drink reflect the continent’s cultural diversity and rich lands. EU geographical indication schemes protect specific know how, authenticity and agro-environmental conditions. […]

Últimas

Presidente da Assembleia quer consagrar 17 de junho como Dia Nacional em Memória das Vítimas dos Incêndios

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, enviou esta quarta-feira aos líderes parlamentares um projeto de resolução para consagrar 17 de junho como Dia Nacional em Memória das Vítimas dos Incêndios Florestais, […]

Nacional

Centro de Reprodução do Lince Ibérico já permitiu 122 nascimentos em 10 anos

O Centro Nacional de Reprodução de Lince Ibérico (CNRLI) assinala este sábado o 10.º aniversário da chegada do primeiro exemplar às suas instalações, […]