Variedades de Oliveira Portuguesas – OLEAVALOR

Variedades de Oliveira Portuguesas – OLEAVALOR

Valorização das Variedades de Oliveira Portuguesas (OLEAVALOR)

Objetivos:

O Alentejo contribui atualmente com 50% da produção de azeitona a nível nacional e, por isso, a olivicultura foi identificada como um domínio da estratégia de I&I para uma especialização inteligente (RIS3) a nível regional. Neste enquadramento, a operação proposta tem como objetivo geral avaliar e melhorar o potencial produtivo das principais variedades regionais de oliveira (‘Galega vulgar’, ‘Cobrançosa’, ‘Verdeal Alentejana’, ‘Cordovil de Serpa’, ‘Azeiteira’, ‘Blanqueta’, ‘Carrasquenha de Elvas’), com vista à sua utilização em sistemas de produção intensiva. Para que esse objetivo possa atingir-se, é essencial o desenvolvimento de linhas de trabalho multidisciplinares, capazes de proporcionar um avanço significativo ao nível do conhecimento fundamental da química do azeite e da genética, reprodução, biologia e fisiologia do desenvolvimento, das variedades em estudo.

Resultados:

Ao nível dos indicadores de resultados, para além de um significativo número de publicações e comunicações, tanto a nível nacional como internacional, do registo de variedades autóctones de oliveira no catálogo nacional de variedades e de potenciar a dinamização e a competitividade de empresas do setor olivícola, a operação prevê o registo de duas patentes internacionais, uma relativa à ferramenta biológica para controlo dos principais fungos causadores da gafa em azeitona e outra relativa à ferramenta biológica para controlo da bactéria Xylella fastidiosa em oliveira.

Entidade beneficiária | CEBAL – Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo , INIAV – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária , Instituto Politécnico de Portalegre – Escola Superior Agrária de Elvas , Universidade de Évora

Data de aprovação | 18-03-2016
Data de inicio | 01-06-2016
Data de conclusão | 31-05-2019


Custo total elegível | 781581.68 €
Apoio financeiro da União Europeia | FEADER – 664344.43 €
Apoio financeiro público nacional/regional | 105107.40 €

→Consulte aqui o site do projecto OLEAVALOR←

Comente este artigo
Anterior Governo dos Açores prepara plano estratégico para os laticínios
Próximo Tesselo arranca com actividade na prevenção de incêndios florestais e pragas agrícolas

Artigos relacionados

Nacional

Startup Simplex. A vaca voadora perdeu as asas?

[Fonte: ECO]
Programa lançado pelo Governo teve três vencedores. Relatório publicado um ano depois diz que os projetos foram concluídos com sucesso. Mas quem os criou não tem a mesma opinião.

A história começa assim: a 20 de abril, Miguel Lupi Caetano e João Gomes, […]

Comunicados

Food price volatility: Agriculture MEPs call for new EU risk management tools

To help farmers to cope with volatile prices, the EU must develop new risk and crisis management tools and strengthen their bargaining position in the food supply chain, says a non-legislative resolution voted in the Agriculture Committee on Tuesday. The supply chain should be made more transparent, […]

Sugeridas

EU agriculture policy diary: the week ahead (January 30 – February 3)

By Paul Hutchison
Published: 27 January 2017 04:14 PM

The European Commission will launch a public consultation on the ‘future of the CAP’ on Thursday (February 2), with Brussels seeking input from stakeholders and citizens on how to “modernise and simplify” EU farm policy post-2020. […]