O futuro da uva de mesa assenta na inovação

O futuro da uva de mesa assenta na inovação

Com uma produção anual de aproximadamente 1 milhão de toneladas, com uma área de produção de 47.000 hectares, a Itália é o principal produtor de uva de mesa na Europa, seguida pela Grécia e Espanha. Neste contexto, a Cesena Fiera decidiu organizar um evento dedicado a este produto, com o objetivo de avaliar a situação atual num setor em constante mudança e com grande potencial.

O “Congresso Internacional sobre Uva de Mesa” ocorrerá por ocasião da 36ª edição da Macfrut (8 a 10 de maio de 2019), na sexta-feira, 10 de maio, no Rimini Expo Center. O foco da discussão será na inovação varietal, a começar pelos programas de desenvolvimento de Itália, incluindo as novas variedades internacionais atualmente produzidas na Itália, antes de passar a delinear as novas variedades que estão definidas para remodelar o mercado.

Em Itália, por exemplo, nas duas principais áreas de produção de uvas de mesa, Apúlia e Sicília, que cobrem 75% e 25% da superfície cultivada, respetivamente, a produção de uvas sem grainha, aumentou consideravelmente na última década.

O Congresso destina-se a produtores, compradores, técnicos e importadores, italianos e estrangeiros. A participação é gratuita e será simultaneamente traduzida para inglês.

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior Quinta dos Açores traz gelados para Lisboa
Próximo Governo autoriza 1,3 milhões para balcão virtual do Portugal 2020

Artigos relacionados

Nacional

Incêndios. Um ano depois só avançou a reconstrução de uma casa em Monchique

“Eu não tinha já muitas esperanças, vá lá que ainda consegui”, desabafou à Lusa Vitorino Inácio, dono da primeira habitação a ser recuperada com apoios do Estado, […]

Sugeridas

NTG | Ministro da Agricultura francês defende novas técnicas de melhoramento vegetal

O ministro da Agricultura de França afirmou que “as novas técnicas de melhoramento vegetal não produzem OGM”, demarcando-se da política da UE que submete tecnologias como a edição de genomas à lei que rege os OGM […]

Eventos

Roda de Diálogos “Produzir e Consumir Local: Para o Direito Humano a uma Alimentação Adequada” – 2 de dezembro – Idanha-a-Nova

No dia 2 de dezembro, a partir das 10h00, na Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova, realiza-se a Roda de Diálogos “Produzir e Consumir Local: Para o Direito Humano a uma Alimentação Adequada”. […]