Novos focos de Xylella fastidiosa levam ao alargamento da Área Demarcada

Novos focos de Xylella fastidiosa levam ao alargamento da Área Demarcada

A Direção Geral de Alimentação e Veterinária emitiu um novo Ofício Circular (12/2019) onde faz saber que prosseguem os trabalhos de prospeção oficial intensiva da bactéria Xylella fastidiosa, após a sua primeira deteção a 3 de janeiro em Vila Nova de Gaia.

Nessa sequência, foram até à data detetados doze focos em espaços públicos e jardins particulares daquele concelho. As espécies de plantas identificadas infetadas compreendem diversas ornamentais e espontâneas, designadamente Lavandula dentata, Lavandula angustifolia, Rosmarinus officinalis, Artemisia arborescens, Coprosma repens, Myrtus communis, Vinca, Ulex europaeus, Ulex minor e Cytisus scoparius

Em resultado destas deteções, têm sido feitos alargamentos da “Área Demarcada” que compreende as “Zonas Infetadas”, incluindo todas as plantas hospedeiras da subespécie da bactéria que se encontram num raio de 100m em redor das plantas contaminadas, e uma “Zona Tampão” circundante de cinco km de raio.

Mapa: Área Demarcada de Xylella fastidiosa – Zonas Infetadas + Zonas Tampão (área circundante de 5 km)

Fonte: DGAV

O artigo foi publicado originalmente em Voz do Campo.

Comente este artigo
Anterior CAP propõe programas de compensação e de investigação contra declínio do montado
Próximo Syngenta anuncia que vai acelerar o seu processo de inovação

Artigos relacionados

Sugeridas

Catálogo Nacional de Variedades de Espécies Agrícolas e Hortícolas (CNV)

A DGAV procede à divulgação do Catálogo Nacional de Variedades de Espécies Agrícolas e Hortícolas (CNV), edição de 2019. […]

Últimas

Oferta de emprego – Promotor Técnico – Engenheiro Agrónomo – Portalegre

Empresa líder de mercado de produção e comercialização de produtos para a agricultura, pretende admitir para integrar a Direcção Comercial […]

Nacional

Produção de azeite cresce no Brasil

Com a perspectiva de produzir mais de 160 mil litros de azeite em 2019, o Brasil iniciou a colheita de uma ‘safra’ […]