Mobilização na Cultura do Milho. Subsolador + Rototerra, seus Custos e Emissões

As mobilizações são muito importantes para deixar as raízes do milho penetrarem no solo. Quanto maior for a área radicular que a planta consegue ocupar mais capacidade de explorar o solo tem a nossa cultura.
Com isso podemos reduzir as aplicações de fertilizantes e aproveitamos os minerais que existem no nosso solo. Um solo saudável e profundo com uma boa estrutura consegue poupar uma quantidade enorme de fertilizante e água.

A mobilização deverá ajudar à instalação rápida do sistema radicular mas deverá evitar compactações e consumos exagerados. Como sabemos são estes consumos que iram fazer subir as nossas emissões e podemos também destruir a estrutura do nosso solo e obrigar a aumentar novas mobilizações. Estas deveram ser feitas com o nível de água no solo o mais perto do ponto de sasão possível isto é o estado mais favorável à mobilização do solo.
Esta é uma alfaia combinada que tem a vantagem de reduzir o numero de passagens e ao descompactar e fazer a cama da sementeira sem calcar o terreno na última passagem antes da sementeira.

Comente este artigo
Anterior Reinício - transitando para um consumo verdadeiramente ecologista - Filipe Lavrador
Próximo «Exportar em época de crise é mais caro e demorado», Gonçalo Andrade, Portugal Fresh

Artigos relacionados

Últimas

A ASAE, o Coronavírus e os Porcos: o Bom, o Mau e os Vilões – João Adrião

Como o peixe, também nós podemos morrer pela boca. Com efeito, muitos dos nossos problemas de saúde têm origem no nosso consumo alimentar: […]

Dossiers

Furacão Lorenzo – Açores – 8

::::: Furacão LORENZO a caminho dos Açores ::::
-> 8ª actualização.
**SITUAÇÃO DE RISCO EXTREMO – GRUPO OCIDENTAL**
O Furacão Lorenzo é neste momento um ciclone de categoria 2 posicionado a 920km a sudoeste de Santa Cruz das Flores. […]

Nacional

EDP arranca com central solar flutuante no Alqueva em janeiro

Ainda em processo de licenciamento junto da Direção geral de Energia e Geologia (DGEG), que deverá ficar concluído até ao final de outubro, […]