Militares patrulham áras florestais mais sensíveis até 30 de Setembro

Militares patrulham áras florestais mais sensíveis até 30 de Setembro

As Forças Armadas começaram a patrulhar as áreas mais sensíveis da floresta e sensibilizar a população para a prevenção dos fogos, informou o Estado-Maior-General, em comunicado colocado no seu sítio na internet.

ste patrulhamento, que se vai prolongar até 30 de setembro, é feito ao abrigo de um protocolo com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), designado FAUNUS, assinado em 2017.

O EMGFA adiantou que nestas ações vão estar empenhados 132 militares, divididos em 44 patrulhas (12 da Marinha e 32 do Exército) de três militares cada.

O patrulhamento vai ser feito em 15 distritos de Portugal Continental, nos quais o ICNF tem responsabilidade, para o que disponibilizou 44 viaturas.

Fonte: Sapo.pt

O artigo foi publicado originalmente em Gazeta Rural.

Comente este artigo
Anterior Universidade de Évora diz que novo Centro Ibérico de Investigação e Combate aos Incêndios Florestais é “virar de página”
Próximo Incêndios: Bombeiros de Vila Real vão para aldeias para intervir mais rápido

Artigos relacionados

Comunicados

ANEB repudia decisão do Reitor da Universidade de Coimbra

A ANEB, Associação Nacional dos Engordadores de Bovinos, vem repudiar de forma veemente a decisão do Reitor da Universidade de Coimbra, Amílcar Falcão […]

Dossiers

Semana de Verão, temperaturas perto dos 35ºC.

Semana de verão!
Esperamos uma semana de verão, com bastante calor durante os próximos 5-8 dias.
O posicionamento de uma robusta crista anticiclónica sobre o território, […]

Últimas

Maria do Céu Albuquerque: “temos de fazer diferente e a agricultura é um contribuinte líquido para fazermos face a este modelo de transição”

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, marcou hoje presença na Semana Verde Internacional de Berlim. Durante uma […]