Mercadona aposta no kiwi português

[Fonte: Mercadona]

• A Mercadona reforça a colaboração com o setor primário e em 2018 comprou mais de 2.500 toneladas de kiwi português à Kiwi Greensun.
•A Kiwi Greensun é fornecedor da Mercadona desde 2012, uma aposta a longo prazo da empresa pela fruta produzida em Portugal.

Porto, 15 de janeiro de 2019.- A Mercadona reforça a sua aposta no setor primário e, em 2018, comprou mais de duas toneladas e meia de kiwi verde à empresa portuguesa Kiwi Greensun. A parceria entre a Mercadona e o produtor português de kiwi teve início em 2012 e desde então este produto de origem portuguesa encontra-se atualmente à venda em cerca de 500 lojas da cadeia de supermercados em Espanha.

Para a Mercadona, o trabalho realizado em conjunto com o setor primário permite à empresa criar um projeto comum, fruto do desenvolvimento da Cadeia Agroalimentar Sustentável, baseada na estabilidade, produtividade e diálogo, com o objetivo de promover o crescimento partilhado e sustentável.

Vítor Araújo, Presidente da Kiwi Greensun, refere os altos padrões de qualidade da Mercadona, “conseguindo cumprir com essas exigências mantemos um nível de qualidade alto”. Relativamente ao projeto da Mercadona em Portugal – que se reflete na abertura de 10 lojas no segundo semestre de 2019 – menciona que “seria um orgulho como produtor nacional de referência poder servir as lojas da Mercadona em Portugal”. A Kiwi Greensun nasce em 2004 e tem atualmente 360 hectares de kiwis plantados, no norte de Portugal.

Patrícia Cotrim, Diretora do Setor Primário e Consumidores da Mercadona em Portugal, reforça a importância da colaboração com o setor primário: “Para nós é muito importante estabelecer relações de transparência, estabilidade e eficiência junto do setor primário. Temos como objetivo conjugar esforços e partilhar conhecimentos que contribuam para a modernização, produtividade e prosperidade em toda a cadeia agroalimentar da Mercadona. Pretendemos assim que os nossos consumidores possam aceder a produtos de fornecedores especializados e de origem cada vez mais local”.

Comente este artigo
Anterior Crédito Agrícola premiado pelo atendimento ao Cliente
Próximo Anpromis: Oficina Técnica em Sistemas de Automação em Tractores Agrícolas na óptica de Sistemas de Agricultura de Precisão (Coruche, 28 de Janeiro de 2019)

Artigos relacionados

Noticias PAC pos 2020

Cantabria convoca ya las ayudas europeas de la PAC incluidas en la solicitud única para 2019

[Fonte: Agroinformacion – PAC]
La Consejería de Medio Rural, Pesca y Alimentación ha publicado este viernes 11 en el Boletín Oficial de Cantabria (BOC) las ayudas europeas de la Política Agraria Común (PAC) comprendidas en la solicitud única para 2019. […]

Dossiers

Syngenta lança cinco novas soluções para proteção das culturas

A Syngenta apresenta esta campanha cinco novas soluções para controlo de pragas e doenças em vinha, fruteiras, culturas hortícolas, olival e arroz, entre as quais o COSTAR, à base de Bacillus thuringiensis, o primeiro bioinsecticida Syngenta à venda em Portugal.
Com estes novos lançamentos, direcionados por culturas, […]

Sugeridas

Europa será ‘anfitrião’ de torneio agrícola… virtual

[Fonte: Vida Rural]
O desafio começa com uma ‘corrida’ em que os participantes têm que empilhar vários fardos de palha, com um trator, o mais rapidamente possível. Nunca viu um fardo de palha e não sabe conduzir um trator? Não tem problema, […]