Mercadona aposta no kiwi português

Mercadona aposta no kiwi português

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

A Mercadona reforça a sua aposta no sector primário e, em 2018, comprou mais de duas mil e quinhentas toneladas de kiwi verde à empresa portuguesa Kiwi Greensun. A parceria entre a Mercadona e o produtor português de kiwi teve início em 2012 e desde então este produto de origem portuguesa encontra-se actualmente à venda em cerca de 500 lojas da cadeia de supermercados em Espanha.

Para a Mercadona, o trabalho realizado em conjunto com o sector primário permite à empresa criar um projecto comum, fruto do desenvolvimento da Cadeia Agroalimentar Sustentável, baseada na estabilidade, produtividade e diálogo, com o objectivo de promover o crescimento partilhado e sustentável.

Vítor Araújo, presidente da Kiwi Greensun, refere os altos padrões de qualidade da Mercadona. «Conseguindo cumprir com essas exigências, mantemos um nível de qualidade alto». Relativamente ao projecto da Mercadona em Portugal – que se reflete na abertura de 10 lojas no segundo semestre de 2019 – menciona que «seria um orgulho como produtor nacional de referência poder servir as lojas da Mercadona em Portugal». A Kiwi Greensun nasce em 2004 e tem actualmente 360 hectares de kiwis plantados, no Norte de Portugal.

Patrícia Cotrim, directora do Sector Primário e Consumidores da Mercadona em Portugal, reforça a importância da colaboração com o sector primário: «Para nós é muito importante estabelecer relações de transparência, estabilidade e eficiência junto do sector primário. Temos como objectivo conjugar esforços e partilhar conhecimentos que contribuam para a modernização, produtividade e prosperidade em toda a cadeia agroalimentar da Mercadona. Pretendemos assim que os nossos consumidores possam aceder a produtos de fornecedores especializados e de origem cada vez mais local».

A Mercadona em Portugal

A Mercadona abrirá em Portugal 10 lojas, no segundo semestre de 2019. Deste modo, desde que anunciou a entrada em Portugal, a premissa da empresa tem sido sempre: «Em Portugal, somos portugueses». O primeiro grande passo foi a criação da sociedade Irmãdona Supermercados S.A., com domicílio fiscal em Portugal. A empresa tem sede no Porto, onde se situam os escritórios centrais, além dos existentes também em Lisboa.

Também foi iniciada a actividade no Centro de Coinovação, em Matosinhos; um macrolaboratório de ideias de 1.000 m2 que ajuda a equipa da Mercadona a definir, junto dos clientes portugueses, o sortido de produtos em Portugal, totalmente adaptado às necessidades deste mercado. É neste centro que as equipas de trabalho estudam ao detalhe os gostos e hábitos de consumo do “Chefe” português (como a Mercadona denomina os clientes).

A Mercadona está também a construir, em duas parcelas com uma área total de 50.000 m2 na Póvoa de Varzim, um bloco logístico que servirá para o desenvolvimento da actividade logística em Portugal.

Actualmente, a empresa conta com 300 colaboradores portugueses e continua com os processos de selecção de todos os postos inicialmente previstos.

Quadro-resumo dos dados e compromissos para esta primeira fase até 2019

Notícias relacionadas

Comente este artigo

O artigo Mercadona aposta no kiwi português foi publicado originalmente em Revista Frutas Legumes e Flores.

Anterior Mercadona comprou mais de 2500 toneladas de kiwi nacional em 2018
Próximo CEPAAL: Azeite do Alentejo em degustação na Califórnia

Artigos relacionados

Últimas

Mais três milhões de euros para agricultores afectados pela seca

[Fonte: Revista Frutas Legumes e Flores]

Até ao dia 24 de Julho, o Governo tem disponíveis mais 3 milhões de euros para apoiar os agricultores em dificuldades por causa da seca. Este montante destina-se a explorações situadas nos concelhos onde foram atingidos os índices meteorológicos exigidos pela regulamentação comunitária para que a medida possa ser accionada, […]

Nacional

Valorização de produtos mediterrânicos tradicionais: o contributo do projeto REALMed

[Fonte: Rede Rural Nacional] O Porco Alentejano, criado em montanheira, permite uma harmonia perfeita entre um sistema produtivo amigo do ambiente e a procura sofisticada de produtos tradicionais de alta qualidade.

É crucial conservar este sistema agrossilvopastoril, garantindo a qualidade e autenticidade dos seus produtos junto do consumidor. […]

Nacional

Portugal vai mandar porcos para a China. Pode render 100 milhões

[Fonte: Dinheiro Vivo – empresas]
Os produtores portugueses começam esta quarta-feira a exportar carne de porco para a China, através de três matadouros, um negócio que deverá movimentar 100 milhões de euros, com cerca de dez mil animais abatidos por semana, […]