Mecanização pode ser um fator de competitividade agrícola?

Mecanização pode ser um fator de competitividade agrícola?

Num momento em que tanto se discute inovação em Agricultura e que recentemente foi definida uma estratégia nacional para a produção de cereais e milho, pode a mecanização ainda ser um fator de competitividade? Neste artigo, num ensaio realizado no âmbito do projeto MechSmart Forages, pretende-se mostrar o contributo que os novos sistemas de transmissão de variação contínua em tratores agrícolas e a adoção de itinerários culturais não convencionais podem dar para a redução dos custos da conta de cultura e para o aumento da eficiência energética e ambiental do processo de produção.

Pode consultar aqui o artigo técnico na integra.

O artigo foi publicado originalmente em Vida Rural.

Comente este artigo
Anterior Cada região terá um programa próprio de combate aos incêndios porque "a floresta e a vegetação não são iguais"
Próximo A Década da Regeneração

Artigos relacionados

Suplementos

Suplemento Agrovida de Novembro da Vida Económica – Editorial Teresa Silveira

A ministra da Agricultura de Espanha visitou a feira Fruit Attraction de Madrid no último mês. Encontrou-se com o secretário de Estado da Agricultura e Alimentação de Portugal, […]

Nacional

PSD/Açores teme centralização de fundos comunitários a nível nacional

O vice-presidente do PSD/Açores, António Ventura, acusou esta segunda-feira o Governo Regional, socialista, de estar em “silêncio” sobre o próximo quadro comunitário de apoio, […]

Sugeridas

Javalis agravam medo de contágio de peste suína no Alentejo

[Fonte: TSF] Vários casos da doença na Europa deixam em alerta os produtores portugueses.

O aumento de javalis nos campos do Alentejo está a deixar os produtores do porco preto em alerta máximo, […]